Segunda-Feira, 24 de Abril de 2017 |

Editorial

Previsão para o próximo ano ...

Por Redação em 30 de Outubro de 2015


Após vários meses ou anos, acende-se uma luz no final do túnel. Inaugurado com grande pompa o que seria mais uma ferramenta de ponta para a melhora na segurança, continua a esperar por dias melhores. As câmeras de vídeo monitoramento, ou a ausência das mesmas, reflete de modo direto o grande grau de insegurança que nossa cidade vive.

Por vários anos não éramos citados com assalto a bancos, caixas eletrônicos arrombados, lojas assaltadas. Proporcionalmente com as câmeras desligadas e o conhecimento da ineficácia das mesmas, a insegurança e os assaltos retornaram com toda a força. E o mais grave é que nem um ponto da cidade hoje está um pouco ou mais seguro. Basta ver o comércio junto ao eixo principal da avenida ou o sistema bancário. Todos os bancos e casas lotéricas já tiveram a ingrata visita do infortúnio. E o que dizer se os equipamentos à época foram exatamente e tecnicamente instaladas para evitar estes prejuízos. No alto do prédio da Prefeitura Municipal foi instalada a melhor de todas com ângulo para os diversos bairros acessíveis a suas lentes.

Das lojas ao lado, larápios levaram cofres, arrombaram paredes, fizeram assalto a mão armada em frente ao paço municipal e continuam os infinitos relatos. Mortes já ocorreram e que poderiam não ter acontecido se os equipamentos estariam aptos a atividade para a qual foram lá colocados. Acidentes de trânsito poderiam ser melhor atendidos e dada uma resposta imediata. Carros de assaltantes tranquilamente poderiam estar sendo monitorados, antes e depois. Porém a prevenção já não existe ou foi severamente afetada. Retornamos há vários anos de profundos investimentos além da autoestima da comunidade que sofre no seu íntimo.

É necessário que as autoridades constituídas avancem de modo urgente para dar retorno à comunidade. Pois basta de tanta ineficácia também na área da segurança, e pasmem, começa a insegurança exatamente no coração da cidade, no maior cartão postal que não passa despercebido pelos seus habitantes nem por quem vem nos visitar.

COMENTÁRIOS ()