Terça-Feira, 19 de Setembro de 2017 |

Editorial

Segurança é o que importa

Por Redação em 08 de Fevereiro de 2013


Estamos às vésperas de uma festa milenar, herança de diversas comemorações pagãs realizadas na Antiguidade pelos egípcios, hebreus, gregos e romanos, mas que tomou grande fôlego em terras brasileiras. Trazida para cá pelos europeus, que já na Idade Média transformaram as velhas festividades pagãs que passaram a marcar os últimos dias de "liberdade" antes das restrições impostas pela Quaresma (período de 40 dias de penitência para os cristãos, que antecede a Páscoa).
Falamos do Carnaval, a maior festa popular do Brasil, em que todo o país é contagiado, ou melhor, invadido, pela alegria e descontração. São vários dias da dita “folia”, quando a tristeza não tem lugar e a alegria é regra e modelo. E essa “alegria” permanece nos dias que se seguem, ocupando boa parte da Quaresma, que já não é tão respeitada como antes.
Mas, será?
Será que são dias de alegria e folia? Será que todos realmente desrespeitam as antigas tradições religiosas e se entregam completamente à falta de limites?
Sabemos que não. Pois esses feriados nacionais, na maioria das vezes, acabam marcados por grande número de acidentes de trânsito que a cada ano batem novos recordes e também incômodos por conta de atitudes impensadas ou motivadas pelo álcool e outras coisas.
Por outro lado temos muitas pessoas que aproveitam esses dias de feriado prolongado para se abastecer espiritualmente ao participar de retiros religiosos, ou ainda aproveitar o contato com a família.
E há também aqueles que festejam, brincam e se divertem, sempre com a alegria e felicidade que é estar com os amigos em segurança.
É justamente da segurança que queremos falar. Esperamos que em tempos de tolerância zero ao álcool no volante, em tempos de luto por diversas tragédias que acontecem a cada semana em nosso país e no mundo, as pessoas tenham consciência do valor da vida. Tenham consciência de que um ato impensado ou realizado na ânsia de lucrar ou desviar da legalidade.
Que na próxima semana possamos publicar boas notícias sobre o feriado de Carnaval e que nossa Quaresma seja, verdadeiramente, um tempo de espera e preparação para a Páscoa, a maior festa cristã.

COMENTÁRIOS ()