Segunda-Feira, 24 de Abril de 2017 |

Editorial

Semana de novidades, nem sempre boas

Por Redação em 25 de Outubro de 2013


Dizem que gato escaldado tem medo de pingo de água... Pois essa semana a população de Alvorada ficou apreensiva com as fortes chuvas que atingiram a cidade e também região. Choveu durante boa parte da semana e mesmo assim, apesar do temporal de final de tarde de quarta e do transtorno provocado pelo alagamento de algumas vias da cidade, tudo se normalizou e não houve muitos prejuízos e nem a população foi atingida em grandes proporções.
Há quem diga ser esse o resultado do trabalho de limpeza de arroios e algumas ruas e seus bueiros. Mas é bom saber que o que leva o arroio Feijó a transbordar são as chuvas constantes, aliadas aos ventos, que acabam represando as águas.
Contudo, estamos todos assustados, pode-se dizer traumatizados pelo que vem acontecendo não só com relação à natureza, em nossa cidade.
Também durante a semana nos chegou a notícia de uma fraude na Prefeitura de Alvorada com relação ao vale-refeição. Iniciada em 2012, a ação seguia sendo realizada e agora, a partir de auditoria promovida pela Administração Municipal, os responsáveis devem ser apontados e devidamente penalizados. E, mais uma vez, a pecha de cidade sem lei, de governos corruptos...
Outra experiência que o Jornal A SEMANA teve nos últimos dias foi a de acompanhar o trabalho das entidades responsáveis pelas crianças e adolescentes alvoradenses, principalmente em casas noturnas onde é grande a presença de menores. Grande parte dos que foram abordados carregavam autorização dos pais, ou estavam acompanhados por um responsável. Mas é espantoso ver o número de jovens que caminham pelas ruas da cidade quando anoitece, a maioria em bandos, o que não chega a esconder a pouca idade.
Somos um município jovem, com problemas e aspirações, assim como todos os que nos cercam. Mas precisamos cuidar melhor dos nossos jovens, precisamos tomar as medidas necessárias para a proteção dos adolescentes e das crianças, assim como presenciamos na madrugada de domingo, quando Comdica, Conselho Tutelar e Brigada Militar trabalharam na prevenção. Sim, porque evitar que os jovens se coloquem em situação de risco é prevenir não só para aquele momento como também para a vida. E é bom saber que existem pessoas empenhadas nesse trabalho, nem que para isso tenham que sacrificar suas horas de descanso no final de semana.
E a outra boa notícia é a de que a Defensoria Pública de Alvorada, que foi procurada por nossa redação a partir da reclamação de alvoradenses que padeciam em uma enorme fila em busca de 10 fichas diárias, passa a oferecer o dobro a partir da semana que vem.
Mais uma prova de que existem pessoas dispostas a ajudar, a se sacrificar em benefício do próximo. E é assim que construímos uma cidade verdadeiramente solidária e muito melhor de se viver.

COMENTÁRIOS ()