Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2020 |

Editorial

Setembro chegou repleto de festas

Por Redação em 06 de Setembro de 2018


Estamos no mês dos grandes festejos que basicamente param a cidade. Festejos estes que despontam com a chegada da primavera em todo o seu vigor. Ipês e jardins floridos destacam a bela natureza que nos cerca. A estação do inverno, conforme o calendário se fará presente até o dia 23 de setembro e isto nos deixa com certo ar de tranquilidade. Os dias chuvosos das últimas semanas, acompanhado de frio tradicional, nos faz pensar nos próximos dias de primavera e verão que estão batendo às portas.

Terminando o inverno, a estação da primavera chega e vem abrilhantar os festejos em nossa sociedade. Na data de sexta-feira, teremos o tradicional desfile de Sete de Setembro, na data em que deve ser preservada, pois nos remete aos direitos e deveres que temos com a nossa Pátria amada. Um pomposo desfile está sendo organizado pela Secretaria de Educação e trará à Avenida Getúlio Vargas milhares de alunos da rede escolar pública e particular. Centenas de professores também farão abrilhantar o desfile e de igual forma outras entidades de prestação de serviços junto a nossa comunidade.

Como em anos anteriores, certamente as bandeiras de partidos se farão presentes, porém em bem menor escala, não ofuscando o brilho dos olhos de quem realmente quer mostrar o orgulho da nação, apesar de inúmeros índices atuais não serem positivos. A avenida, ao menos na extensão que terá o desfile será um brilho, com limpeza, pinturas e segurança para quem nela transitar.

A alegria estampada nos rostos das autoridades é a mesma dos anteriores, independentemente de quem ocupou o poder. E esta alegria não será visto em diversos rostos, pois o bairro onde a população mora a longos anos continua a espera da chegada dos poderes constituídos. Falta de saneamento, saúde, educação, segurança, entre tantos outros tópicos que fazem parte do cotidiano da nossa sociedade.

Que os que estão nos palanques leiam com grande atenção e levem para os seus gabinetes o que o seu povo tem a lhes dizer, isto pelo sorriso no rosto, pelas escritas nas faixas ou mesmo, pelo simples e sincero prazer de ali desfilar. E que se transforme em qualidade de vida a estes munícipes.

COMENTÁRIOS ()