Quinta-Feira, 22 de Outubro de 2020 |

Editorial

Uma nova vida para nosso cartão postal

Por Redação em 03 de Agosto de 2018


É impossível pensar em Alvorada e não associar o município com a Lagoa do Cocão, um dos pontos turísticos e cartões postais da cidade. No passado, o espaço era utilizado para a realização de eventos culturais, encontros de famílias e rodas de chimarrão nos finais de tarde. Um local com um viés positivo que, infelizmente, acabou sendo abandonado pelo tempo.

Não foram poucas as vezes que o ambiente foi deixado de lado. Todas as gestões que passaram criaram ações e realizaram mutirões de limpeza, mas nunca foi o suficiente para que o espaço fosse conservado. Talvez tenha faltado um trabalho educacional, que ainda pode ser feito no futuro, apesar deste futuro ser tão positivo que pode não ser mais necessário.

Isso porque o espaço está sendo revitalizado, em uma parceria com a Companhia Riograndense de Saneamento (CORSAN). A grande referência para quem mora na cidade será o Parque Germânia, que fica próximo ao Shopping Iguatemi. Um local cercado, com horários pré-estabelecidos e administrado pela Prefeitura de Porto Alegre.

Em Alvorada, o local também terá cercamento e horário para funcionar. A ideia é finalmente conseguir conservar o espaço e mantê-lo limpo para a comunidade. Além disso, também haverá quadras de esporte, playground e academias ao ar livre. Tudo para poder melhorar a autoestima da região e da população. Isso sem falar do espaço.

Por mais que o polo cultural da cidade tenha vindo para a Praça João Goulart, após a revitalização, a Lagoa do Cocão pode e deve voltar a ser um ponto de referência da cidade. Seja para tomar um chimarrão, jogar futebol, se exercitar ou simplesmente jogar conversa fora e contemplar a vista, que já é bonita, mas deve ficar ainda melhor.

A população de Alvorada clama por mais espaços de lazer na cidade e a revitalização deste cartão postal é de suma importância, tanto para isso como também para elevar a autoestima da população. O alvoradense está cansado e desacreditado das coisas, e essa obra, que será entregue em dezembro, pode ser vista como um presente de natal para a cidade.

COMENTÁRIOS ()