Quinta-Feira, 27 de Julho de 2017 |

Fique Sabendo

08 de Maio e 05 de Maio

Por Redação em 03 de Maio de 2013


08 de Maio - Dia Internacional da Cruz Vermelha
O Comitê Internacional da Cruz Vermelha é uma entidade internacional sem fins lucrativos, com sede em Genebra (Suíça), que tem o objetivo de socorrer vítimas de guerras e de catástrofes naturais. Fundada em 1863, a entidade presta assistência às vítimas, fornecendo alimentação, assistência médica e abrigo. A Cruz Vermelha também desenvolve um trabalho junto aos prisioneiros de guerra, buscando restabeler o contato com seus familiares e localizando os que foram dados como desaparecidos. Sua prioridade, tendo a neutralidade como princípio, é o não envolvimento em questões militares, religiosas ou políticas. Para isto, possui quatro bandeiras que são adotadas conforme a cultura da região em que estiver atuando.
A bandeira com a Cruz Vermelha é utilizada na maior parte dos países. Já na Turquia e países muçulmanos, o símbolo local é uma lua chamada Crescente Vermelho, aplicada sobre a bandeira branca. Em Israel,a bandeira também é branca, mas em lugar da lua ou da cruz, é usada Estrela de David em vermelho.
Para casos especiais, onde o Comitê não pode usar nenhuma destas três bandeiras, há ainda uma quarta opção - a do Cristal Vermelho - totalmente neutra, de uso excepcional e temporário. Sua forma é de um triângulo eqüilátero.
O dia da Cruz Vermelha é em homenagem a data de nascimento de seu fundador, Jean Henri Dunant. Ele foi agraciado com o primeiro Prêmio Nobel da Paz, em 1901, vindo a falecer nove anos depois. A própria Cruz Vermelha também foi agraciada com o Prêmio Nobel da Paz, em 1917.

05 de Maio - Dia do Marechal Rondon
Marechal Cândido da Silva Rondon nasceu em Mimoso, no Estado de Mato Grosso, em 05 de maio de 1965. Foi uma das personalidades brasileiras mais marcantes da história, destacando-se pelos feitos e por seu espírito patriota e humanista. Bacharel em Matemática e Ciências Físicas e Naturais pela Escola Superior de Guerra do Brasil, onde posteriormente atuou como professor de Astronomia e Mecânica, foi indicado para o Prêmio Nobel da Paz, em 1957.
É bom lembrar que o Estado de Rondônia leva este nome em homenagem aos grandes feitos do militar, responsável pela construção de quilômetros de linhas telegráficas, viabilizando a comunicação do centro-oeste com o norte.
Rondon teve papel importante como desbravador, descobrindo rios, registrando topografias, e atuando como pacificador de tribos indígenas. De prodigiosa inteligência, chegou a guiar o então presidente dos Estados Unidos, Theodore Roosevelt, e sua comitiva, a uma viagem pelo interior do Mato Grosso, onde fez novas descobertas.
Em 1910, Rondon organizou o Serviço de Proteção ao Índios. Em 1939, foi nomeado presidente do Conselho Nacional de Proteção ao Índio e como tal, obteve a demarcação de terras para várias etnias, entre eles os Bororos, Terenas e Oiafés. Tantos são os seus feitos, que não há uma biografia completa que lhe faça justiça.

COMENTÁRIOS ()