Quinta-Feira, 27 de Julho de 2017 |

Fique Sabendo

Conhecendo melhor nossa história

Por Redação em 13 de Setembro de 2013

(Foto: arquivo A SEMANA)


Alvorada nasceu como Distrito de Viamão, com a denominação Passo do Feijó, através da lei nº 216, de 22 de setembro de 1952. Aprovada pela Câmara, a Lei foi promulgada e sancionada pelo então prefeito de Viamão, Tenente Coronel Ponçalino Cardoso da Silva.
Em 17 de setembro de 1965, a Lei Estadual nº 5026, garantiu a emancipação política do Passo do Feijó, que passou a se chamar Alvorada.
O nome sugerido por um integrante da Comissão Pró-Emancipação, teve inspiração em dois fatores: a alvorada do povo, que acorda às primeiras horas da manhã e parte para o trabalho, e o Palácio da Alvorada, o grande destaque na então nova capital do País, Brasília, inaugurada em 1960.
De lá para cá, muitas histórias foram escritas pelas mãos de cada cidadã e cada cidadão de Alvorada. Histórias de trabalho, de superação, de esperança e de solidariedade. Histórias de um povo que acorda cedo e vai trabalhar, histórias de uma gente guerreira, que não desiste de seus sonhos.

Características Gerais
População - 211.233
Território - 70.811 Km²

Educação
Escolas Municipais - 27
Escolas Estaduais - 17
Escolas Particulares - 6
Escolas de Educação Infantil - 2
Escolas de Ensino Superior - 1

Prefeitos que fizeram parte dessa história:
Antônio Antônio Alves - de 12/05/1966 a 31/01/1969
Pedro Antônio de Godoy - de 31/01/1969 a 31/01/1973
Elisardo Duarte Netto - de 31/01/1973 a 31/01/1977
Marne Machado Feijó - de 31/01/1977 a 31/01/1983
Léo Barcellos - de 31/01/1983 a 31/12/1988
Pedro Antônio de Godoy - de 01/01/1989 a 01/01/1993
José Arno Appolo do Amaral - de 01/01/1993 a 31/12/1996
Stela Beatriz Farias Lopes - de 01/01/1997 a 31/12/2000 e de 01/01/2001 a 31/12/2004;
João Carlos Brum - de 01/01/2005 a 31/12/2008 e de 01/01/2009 a 31/12/2012;
Sérgio Maciel Bertoldi – desde 01/01/2013

COMENTÁRIOS ()