Domingo, 26 de Março de 2017 |

Fique Sabendo

Igualdade Feminina

Por Redação em 22 de Agosto de 2014


No Brasil, desde meados da década de 1980, foram criadas delegacias especiais de atendimento à mulher, centros de saúde para dar atenção a mulheres vítimas de violência física e abrigos destinados a mulheres que sofrem violência doméstica. Com a Constituição Federal de 1988, consolidou-se a igualdade entre os sexos, a proibição de distinções de qualquer natureza, dentre outras vantagens para as mulheres. Como principais avanços relacionados diretamente à mulher, destaca-se o inciso I do art. 5o, que consagrou o sonho de igualdade de direitos e deveres de todas as pessoas, independentemente de cor, raça, sexo etc.: "I - homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição".
Há poucas décadas, as mulheres não tinham direito ao voto, nem acesso à educação e o mercado de trabalho era impensável. Nos últimos tempos, a mulher não só foi educada; ela educa, trabalha, manda e dá exemplo. É uma figura de respeito dentro de casa e no ambiente de trabalho. O Dia Mundial da Igualdade Feminina, 26 de agosto, foi criado não apenas para a celebração da igualdade, mas para se refletir e lutar contra a desigualdade de gênero.

COMENTÁRIOS ()