Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2017 |

Infográfico

Prevenção ao câncer de mama

Por Redação em 14 de Outubro de 2016

(Foto: Pablito Aguiar)


De acordo com o Instituto Nacional do Câncer/INCA, 14.206 mil mulheres morreram em 2013 por causa da doença. Apenas para este ano, a estimativa era 57.960 mil novos casos. Se detectado em fases iniciais, as chances para tratamento e cura aumentam, por isso preparamos este infográfico para que todas as mulheres, independente de idade, possam conhecer seu corpo e saber o que é anormal ou não na sua mama.

Como fazer o autoexame das mamas?
• Deitada ou no chuveiro:

1.Coloque a mão direita atrás da cabeça. Com os dedos indicador, médio e anelar da mão esquerda deslize suavemente em movimentos circulares por toda mama direita, de forma leve, média e forte, sem tirar os dedos do contato da pele.
2.Repita o movimento utilizando a mão direita para examinar o seio esquerdo.
3. Além das mamas, os mesmos movimentos podem ser feitos na região próxima ao ombro, pescoço e axila.
4.Os passos podem ser repetidos durante o banho com as mãos ensaboadas.

• Diante do espelho:
1.Inspecione as mamas com os braços abaixados ao longo do corpo.
2.Levante os braços, colocando as mãos na cabeça. Observe se ocorre alguma mudança no contorno das mamas ou no bico.
3.Repita a observação, colocando as mãos na cintura e apertando-a. Observe se há qualquer alteração.
4.Esprema o mamilo delicadamente e observe qualquer secreção.

Lembre-se:
• 80% dos módulos mamários são benignos e apenas uma pequena porcentagem de secreções está relacionada ao câncer.
• É indicado que mulheres de 50 a 69 anos façam uma mamografia de rastreamento (quando não há sinais nem sintomas) a cada dois anos.

Quando fazer?
• A partir dos 20 anos: Uma vez ao mês, de preferencia de sete a dez dias após o início da menstruação, quando as mamas estão menos sensíveis;
• Mulheres amamentando: Após a amamentação, quando os seios forem esvaziados, sempre no mesmo dia e no mesmo horário;
• Mulheres na menopausa: Todos os meses, sempre no mesmo dia.

Quais os sinais do câncer de mama?
• Mudança no tamanho ou formato;
• Vermelhidão ou coceira na pele e/ou ao redor do mamilo
• Vazamento de um ou de ambos os mamilos;
• Inchaço da axila ou ao redor da clavícula;
• Nódulo ou espaçamento que parece diferente do restante do tecido da mama;
• Mudança na textura da pele, como enrugamentos ou covas (aparência de casca de laranja);
• Inversão, mudança de posição ou formato do mamilo;
• Dor constante na mama ou nas axilas.

Atenção: O INCA alerta que somente o exame das mamas realizado pela própria mulher não substitui o exame físico realizado por um profissional da saúde (médico ou enfermeiro) qualificado para essa atividade.

Fonte: IBCC e INCA

COMENTÁRIOS ()