Sbado, 28 de Novembro de 2020 |

Você Lembra?

1381 - CAPANEMA

Por Redação em 27 de Julho de 2018

(Foto: Divulgação)


Ao longo dos tempos, atletas paranaenses brilharam em gramados gaúchos como o goleiro Arlindo, Altemir, Ademir Alcântara, Ademir Kaeffer, Cuca e Capanema, o nosso entrevistado nesta edição e muitos outros. Capanema foi um excelente ponteiro direito, que marcou presença em nossos gramados e em outros gramados brasileiros. O seu nome completo é Gilmar Mazzotti, sendo paranaense natural da cidade de Capanema, daí a razão do seu apelido onde nasceu no dia vinte e seis de outubro de 1962. Iniciou suas atividades na base do Grêmio em Porto Alegre em 1979. Em 1982 foi contratado pelo Esportivo de Bento Gonçalves. No ano seguinte a equipe da “Capital do Vinho” jogava com Jânio; Reginaldo, Paulo César, Tadeu Vieira e Raquete; Toninho Ferretto, Ciro e Luiz Fernando; Capanema, Guilherme e Bagé. Em 1984 O Esportivo jogava com Pimenta; Toninho Fronza, Paulo César, Altair e Laércio; Carlinhos, Silvio e Marlon; Capanema, Alcântara e Paulo Mattos. Em 1985 o clube de Bento Gonçalves ia a campo com Carlão; Toninho Fronza, Paulo César, Eduardo e Laércio; Alamir, Douglas Neves e Toninho Ferretto; Capanema, Brandão e Paulo Mattos. Nesse mesmo ano defendeu o ABC de Natal que jogava com País; Ariê, Luiz, Zé Adilson e Vassil; Baltazar, Marco Ribeiro e Arildo; Capanema, Leandro e Jorge Demolidor. Finalmente em 1986, o seu último ano com a jaqueta alvi-azul o Esportivo atuava com Carlão; Toninho Fronza, Daio, Juliano e Édson; Alamir, Ivaldo e Toninho Ferreto; Capanema, Zeca e Aerton. Nesse mesmo ano Capanema atuou no Inter no Campeonato Brasileiro, que era escalado com Taffarel; Luiz Carlos Winck, Pinga, Aloisio e Santinho; Marquinhos, Luiz Fernando e Marcelo; Capanema, Robertinho e Balalo. Em 1987 foi contratado pelo Juventude de Caxias do Sul, que era formado com Gilmar, Alcir, Batista, Dorotéo Silva e Gilberto; Sérgio Peres, Leonel e Julio César; Capanema, Mirandinha e Fernando. No ano seguinte os “Papos” jogavam com Osvaldo; César, Sandro, Hélio e Alcir; Sérgio Guedes, Neni e Simão; Capanema, Vandinho e Zizinho. A seguir defendeu o XV de Piracicaba, Joinville, Araranguá, Veranópolis para encerrar no Francisco Beltrão de seu estado natal. Capanema considera que Luiz Felipe Scolari, Tite e Varlei de Carvalho foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. O melhor ponteiro direito que viu em ação foi Renato Gaúcho. O lateral que melhor lhe marcou foi Roger, que jogou no Grêmio. O seu gol inesquecível foi marcado num CAJU, clássico caxiense entre o Caxias e o Juventude. O seu ídolo nos gramados foi Valdo, craque de bola que jogou no Grêmio. Hoje Capanema exerce as atividades de técnico de futebol. Quando foi realizada esta entrevista ele exercia essa atividade no Real da cidade paranaense de Realeza. Assim, resgatamos as atividades esportivas do Gilmar Mazzotti, o Capanema, que com seu bom futebol marcou presença nos gramados gaúchos, potiguares, paulistas, catarinenses e paranaenses.

COMENTÁRIOS ()