Tera-Feira, 22 de Setembro de 2020 |

Você Lembra?

1399 - VITOR

Por Redação em 30 de Novembro de 2018


Vitor, o nosso entrevistado nesta edição, foi um bom lateral direito que marcou presença em clubes de diversos estados brasileiros. O seu nome completo é Claudemir Vitor Marques, sendo natural da cidade paulista de Mogi Guaçu, onde nasceu no dia vinte e oito de setembro de 1972. Iniciou suas atividades esportivas no São Paulo em 1990. Em 1991 o tricolor paulista jogava com Zetti; Vitor, Antônio Carlos, Ivan e Leonardo; Bernardo, Cafu e Rai; Eliel, Macedo e Elivelton. No ano seguinte o clube do Estádio do Morumby ia a campo com Zetti; Vitor, Antônio Carlos, Ronaldo e Ivan; Adilson, Suelio e Rai; Palhinha, Muller e Elivelton. Em 1993 foi contratado pelo Real Madrid. Em 1994 retornou ao São Paulo que era escalado com Zetti; Vitor, Junior Baiano, Bordon e Ronaldo Luiz; Alemão, Doriva e Caio; Catê, Palhinha e Ailton. Em 1995 foi contratado pelo Corinthians que jogava com Ronaldo; Vitor, Pinga, André e Silvinho; Zé Elias, Marcelinho Paulista e Ezequiel; Fabinho, Sérginho e Tupãzinho. Nos anos de 1996 e 1997 defendeu o Cruzeiro de Minas Gerais. Em 1998 foi para o futebol carioca contratado pelo Vasco da Gama. A equipe vascaína ia a campo com Carlos Germano; Vitor, Odvan, Mauro Galvão e Felipe; Valber, Nasa e Juninho Pernambucano; Ramon, Luizão e Flavinho. No ano de 2000 trocou o Vasco da Gama pelo Botafogo que era escalado com Vagner; Vitor, Sandro, Valdson e Misso; Marcelinho Paulista, Cleber e Tinga; Donizetti, Magrão e Alexandre Gaúcho. A seguir iniciou uma longa peregrinação entre vários clubes brasileiros e estrangeiros como o Kocaelispor da Turquia, Inter de Limeira, Osasco, Ceará, Mogi Mirim, Juventus, Primavera para encerrar suas atividades esportivas no Guaçuano em 2009. Vitor integrou a Seleção Brasileira em dois jogos. Em um deles a “ Canarinho” jogou com Gilmar; Vitor, Valber, Ronaldo e Roberto Carlos; César Sampaio, Junior e Raí; Edmundo, Evair e Zinho. Vitor considera que Telê Santana, Mário Sérgio, Levir Culpi, Joel Santana e Antônio Lopes foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. Os melhores laterais direito que viu em ação foram Balu, Zé Teodoro, Jorginho e Cafu. Os ponteiros esquerdos que lhe deram mais trabalho para serem marcados foram Sávio e Rodrigo. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo São Paulo 3 X Santos 1 pelo Brasileirão de 1992. Ele considera muito o atacante Muller , não como ídolo. Hoje Vitor reside na sua cidade natal Mogi Guaçu, onde exerce as atividades de orientador com garotos de futebol. Assim, resgatamos a história futebolística de Claudemir Vitor Marques, o Vitor, que inegavelmente foi um excelente lateral direito, com marcantes passagens por diversos clubes de vários estados brasileiros.

COMENTÁRIOS ()