Tera-Feira, 22 de Setembro de 2020 |

Você Lembra?

1401 - JORGE GUARACI

Por Redação em 14 de Dezembro de 2018


Jorge Guaraci, o nosso entrevistado nesta edição, foi mais um bom jogador surgido nas divisões inferiores do Inter, sob o comando de Abílio dos Reis. Zagueiro qualificado, tão logo foi promovido ao elenco principal, foi negociado com a Portuguesa de Desportos, que na época era um dos grandes do futebol paulista. O seu nome completo é Jorge Guaraci da Silva e Silva, sendo gaúcho de Porto Alegre, onde nasceu no dia vinte de dois de abril de 1949. Ingressou na base do Inter em 1965, que em no ano seguinte jogava com Schneider; Jorge Guaraci, Nitota, Macau e Fernando; Tovar, Sérgio e Salada; José, Claudiomiro e João Carlos Cueca. Em 1969 foi para o futebol paulista contratado pela Lusa do Canindé, que ia a campo com Orlando, Zé Maria, Jorge Guaraci, Marinho Peres e Américo; Paes, Basilio e Lorico; Ratinho, Leivinha e Waldomiro. Em 1972 foi contratado pelo Corinthians, que era escalado com Ado; Zé Maria, Beto, Jorge Guaraci e Pedrinho; Dirceu Alves e Nelson Lopes; Caito, Lance, Rivelino e Marco Antônio. No ano seguinte retornou para a Portuguesa. No mesmo ano se transferiu para o futebol espanhol, onde atuou no Olverense Tarransa e Villa Real. Em 1978 foi contratado pelo Leon do México. No mesmo ano retornou ao futebol brasileiro contratado pelo Criciúma. A seguir defendeu o Grêmio Maringá, Paulista, Bahia, Ferroviária, Santo André, Galicia, Atlético Alagoinhas para encerrar suas atividades esportivas na Catuense em 1984. Jorge Guaraci considera que Abílio dos Reis, Daltro Menezes, Cilinho, Aimoré Moreira e Evaristo Macedo foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. Os melhores zagueiros que viu em ação foram Marinho Peres, Luiz Pereira, Figueroa e Ramos Delgado. Os atacantes que lhe deram mais trabalho para serem marcados foram Pelé, Leivinha, Eusébio, Jairzinho e Cruyjff. O seu gol inesquecível foi o único que marcou em sua vida esportiva profissional. Ocorreu no jogo Villa Real X Esporte Régia. O seu ídolo nos gramados é Édson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé. Hoje Jorge Guaraci residem Poà, onde trabalha para a formação de atletas como funcionário da Prefeitura local. Assim, resgatamos a história esportiva de Jorge Guaraci da Silva e Silva, que foi mais excelente atleta formado na base do Inter na década de sessenta.

COMENTÁRIOS ()