Tera-Feira, 22 de Setembro de 2020 |

Você Lembra?

1405 - ZÉ MÁRIO

Por Redação em 04 de Janeiro de 2019


A garra e a técnica são duas qualidades fundamentais para um bom volante. Zé Mário, o nosso entrevistado nesta edição, foi um volante que sempre apresentou fartura dessas qualidades. O seu nome completo é José Mário de Almeida Barros, sendo carioca natural da “Cidade Maravilhosa’, onde nasceu no dia primeiro de fevereiro de 1949. Iniciou suas atividades esportivas no Bonsucesso em 1970. Destacando-se no ano seguinte foi contratado pelo Flamengo que em 1974 jogava com Renato; Rodrigues Neto, Jaime, Luiz Carlos e Junior; Zé Mário e Paulo César Carpegiani; Paulinho, Geraldo, Édson, Zico e Julinho. Em 1975 foi para as Laranjeiras defender o Fluminense que ia a campo com Felix; Toninho, Silveira, Assis, Marco Antônio; Zé Mário e Rivelino; Cafuringa, Gil, Cleber e Mário Sérgio. Em 1977 foi contratado pelo Vasco da Gama que atuava com Mazaropi; Orlando Lelé, Abel, Geraldo e Marco Antônio; Zanata e Zé Mário; Wilsinho, Paulinho, Roberto Dinamite e Dirceu. Zé Mário considera que Pinheiro, Alfredo Abahão, Major Murilo Carvalho (técnicos na base), Zagalo, Paulo Emilio, Joubert, Mário Travaglini, Didi e Carlos Alberto Parreira foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. Os melhores volantes que viu em ação foram Carlos Roberto e Liminha. Os melhores meias que enfrentou foram Zico, Paulo César Caju, Rivelino, Mário Sérgio, Ademir da Guia e Dirceu Lopes. O seu gol inesquecível foi um golaço de bicicleta no jogo Flamengo X Bonsucesso pelo Campeonato Carioca no ano de 1974. Zico é o seu ídolo maior, os outros são Pelé, Rivelino, Paulo César Cajú, Roberto Dinamite, Castilho, Pinheiro, Samarone, Zanata, Dirceu, Romário, Junior e Neymar. Zé Mário além de ter sido um excelente volante tornou-se um líder de sua classe. Atualmente é o presidente da Federação Brasileira de Técnicos de Futebol, com sede no Rio de Janeiro. Zé Mário depois que deixou os gramados tornou-se um competente técnico, dirigindo importantes clubes brasileiros. Atualmente não quer voltar a treinar equipes de futebol, preferindo atuar como coordenador. Zé Mário reside na cidade do Rio de Janeiro. Assim, resgatamos a história futebolística de José Mário de Almeida Barros, o Zé Mário que inegavelmente teve uma passagem marcante no futebol brasileiro tanto como atleta quanto como treinador.

COMENTÁRIOS ()