Sbado, 28 de Novembro de 2020 |

Você Lembra?

1469 - ROBERTO FENSTERSEIFER

Por Redação em 22 de Maio de 2020


A cidade gaúcha de Roca Sales ficou conhecida nacionalmente no cenário futebolístico nacional graças a família Fensteseifer. Os seus filhos Elton e Roberto tiveram marcantes passagens pelo futebol gaúcho e brasileiro. Elton, que foi o nosso “Você Lembra?” número 46 teve importantes atuações no Grêmio, formando com Milton Kuelle uma excelente meia cancha, no Botafogo com Gerson, o “Canhotinha de Ouro” e no Inter com Dorinho. O seu sobrinho Roberto, o nosso entrevistado nesta edição, também marcou presença no futebol gaúcho atuando como volante e principalmente como zagueiro. O seu nome completo é Roberto Fensterseifer, sendo natural de Roca Sales, onde nasceu no dia vinte e três de abril de 1957. Iniciou suas atividades esportivas no Esperança de sua cidade natal, de onde se transferiu para o Inter da capital gaúcha em 1976. Em 1978 a equipe de juvenis colorada atuava com Décio; Lauri, Caxias, João Carlos e Joaquim; Roberto Fensterseifer, Cléo e Tonho. Dalmir, Romário e Rovanir. Promovido ao grupo principal em 1978 a equipe rubra jogava com Bagatini; Lúcio, Beliato, Roberto Fensterseifer e Vanderlei Luxemburgo; Falcão, Caçapava e Tonho; Jair, Bil e Peri. Em 1979 foi emprestado para o América de Natal. Retornou ao futebol gaúcho no ano seguinte para defender o Inter de Santa Maria onde se consagrou, jogando por oito anos consecutivos. Em 1982 o “Colorado” santa-mariense jogava com Deca; Tadeu Menezes, Donga, Roberto Fensterseifer e Sadi; Hélio Oliveira, Valdo e Gerson; Robson, Francisco e Toninho. Em 1984 o rubro santa-mariense era escalado com Osvaldo; Pocho, Roberto Fensterseifer, Morone, Sadi; Cacau, Luiz Fernando e Robson; Chico Paulino, Chicota e Toninho. Em 1988, o seu último ano no estádio Getúlio Vargas o clube ia a campo com Almir; Ademir Antes, Roberto Fensterseifer, Jaime e Marcio Peres; Índio, Robson e Faller; Guinga, Valdeir e Gerson. Em 1989 Roberto Fenterseifer foi contratado pelo Guarani de Cruz Alta que formava com Jairo; Old, Roberto Fensterseifer, Daniel e Gilson; Rubens Paraná, Marco Aurélio e Peninha; Túlio, João de Deus e Batista. Em 1991 Roberto Fensterseifer encerrou sua carreira como atleta de futebol defendendo o Guarani de Venâncio Aires que era escalado com Gilmar; Antônio Carlos, Roberto Fensterseifer, Gilmar Iser e Eliseu; Alvinho, Edmilson e Lúvio; Luciano, Silvio e Eldor. Roberto Fensterseifer considera que seu ex companheiro Tadeu Menezes foi o melhor técnico que teve a orientá-lo. Os melhores zagueiros que viu em ação foram Donga, Mauro Galvão e Rivarola. Os melhores zagueiros que marcou foram Baltazar e Roberto Dinamite. Os seus gols inesquecíveis foram marcados no jogo Inter SM 3 X Novo Hamburgo 2, quando marcou dois gols. O jogo valeu pela classificação da sua equipe para o Campeonato Brasileiro. O seu ídolo nos gramados é Paulo Roberto Falcão. Hoje Roberto Fensterseifer reside na sua terra natal, Roca Sales onde exerce suas atividades como pecuarista. Assim, resgatamos a história futebolística de Roberto Fensterseifer, que foi um excelente zagueiro com marcante passagem no futebol gaúcho.

COMENTÁRIOS ()