Domingo, 26 de Março de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1079- IVO COSTA

Por Redação em 22 de Fevereiro de 2013


No futebol gaúcho tivemos vários jogadores que atendiam pelo nome de Ivo. A grande maioria levavam junto o seu sobrenome. Como exemplo mencionamos Ivo Winck, ex goleiro Inter, Ivo Diogo atacante que jogou no Inter e no Grêmio, no Renner tivemos três, o centro médio Ivo Andrade e os atacantes Ivo Medeiros e o Ivo Costa. Ivo Costa, o nosso focalizado nesta edição, foi um atacante polivalente, atuando com igual eficiência em todas a posições do ataque. Atuou em quase todos os clubes da zona sul de nosso estado. O seu nome completo é Ivo Costa, sendo riograndino,tendo nascido na cidade “Noiva do Mar” no dia quatro de julho de 1927. Iniciou suas atividades esportivas no São Paulo de sua cidade natal, posteriormente esteve no Rio Grande e Riograndense para ser contratado pelo Pelotas, que em1953 jogava com Joãozinho; Getulio Saldanha e Spilmann; Adivasson, Mozart e Nonô; Bentinho, Ivo Costa, Pacheco, Galeguinho e Goldemir. No ano seguinte veio para Porto Alegre defender o Renner, que ia a campo em 1956 com Valdir Morais; Augusto, Orlando, Gago e Paulistinha; Léo, Ivo Medeiros e Enio Andrade; Ivo Costa, Juarez e Joecy. No final desse ano resolveu encerrar sua carreira como atleta de futebol.Ivo Costa considera que Valdir Fonseca e o Prof. Selviro Rodrigues foram os melhores técnicos que teve. O melhor zagueiro que enfrentou foi Nena, o antigo “Parada Dezoito” do Inter. O seu gol inesquecível foi consignado no jogo Riograndense X São Paulo, quando marcou um golaço de calcanhar para o Riograndense. Os seus ídolos nos gramados foram Chinez, pai do ex colorado Chinezinho, Carruira, Fruto e Cardeal. Hoje aposentado, Ivo Costa reside em Viamão. Assim resgatamos a história futebolística de Ivo Costa, que teve marcante passagem pelo nosso futebol na década de cincoenta.

COMENTÁRIOS ()