Quinta-Feira, 22 de Junho de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1090- SERGINHO

Por Redação em 03 de Maio de 2013


Serginho, o nosso focalizado nesta edição, foi um excelente lateral esquerdo que brilhou no futebol brasileiro e italiano. O seu nome completo é Sérgio Cláudio dos Santos, sendo carioca natural da cidade de Nilópolis, onde nasceu no dia vinte e sete de junho de 1971. Iniciou suas atividades esportivas no Bahia, de onde se transferiu para o Flamengo. Em 1994 o “Mengo” jogava com Gilmar; Marcos Adriano, Gelson,Índio e Serginho; Charles, Hugo e Marquinhos; Magno, Nelio e Sálvio. Em 1995 foi trocado pelo Beletti, indo para o Cruzeiro mineiro. O clube estrelado era escalado com Dida; Nonato, Vanderci, Rogério e Serginho; Ademir Kaeffer e Alberto; Roberto Gaúcho, Dinei e Luiz Fernando Rosa Flores. Em 1998 foi contratado pelo São Paulo. O tricolor do Morumby ia a campo com Rogério Ceni; Zé Carlos, Edmilson, Marcio Santos e Serginho; Capitão, Alexandre e Rai; França, Dodô e Carlos Miguel. A seguir foi contratado pelo Milan, onde encerrou suas atividades como atleta profissional. Sérginho atuou em dez oportunidades na nossa seleção. Em 1998 a nossa representação jogava com Dida; Evanilson, Odvan, João Carlos e Serginho; Flávio Conceição, Emerson, Vampeta e Zé Roberto; Christian e Ronaldinho Gaúcho. Entre os inúmeros técnicos que o dirigiram, Serginho não destaca nenhum em especial, pois todos foram bons. O melhor lateral esquerdo que viu em ação foi Branco. O atacante que lhe deu mais trabalho para ser marcado foi o “Imperador” Adriano. O seu gol inesquecível foi marcado a favor do Milan na final da Champion Ligue. O seu ídolo nos gramados foi Arthur Antunes Coimbra, o Zico. Hoje Sérginho é empresário tendo negócios tanto aqui no Brasil quanto na Itália. Esta entrevista foi realizada no Aeroporto Salgado Filho, quando Serginho retornava para o centro do país depois de participar do jogo da pobreza que foi disputado na Arena Grêmio. Assim, resgatamos a história futebolística de Sérgio Cláudio dos Santos, o Serginho, que inegavelmente foi um dos melhores laterais esquerdos do futebol brasileiro na década de noventa.

COMENTÁRIOS ()