Sexta-Feira, 28 de Abril de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1092- JUTI

Por Redação em 22 de Maio de 2013


Juti, o nosso focalizado nesta edição, foi um atacante que marcou presença no futebol gaúcho, catarinense e paulista, além de passagens pelo paranaense, cearense e mexicano. Juti foi um atacante habilidoso no trato da bola e muito oportunista. Seu nome completo é Juarez dos Santos. Ele é natural de Novo Hamburgo, onde nasceu no dia dez de fevereiro de 1952. Iniciou suas atividades esportivas no anilado de sua cidade natal. Em 1973 foi contratado pelo Aimoré, que jogava com Celso; Carioca, Darci Munique, Luiz Felipe e Ivan; Salvador e Mauricio; Negrinho, Jesus, Juti e Rubem. No ano seguinte estava no futebol catarinense defendendo o Avai, que jogava com Ubirajara; Souza, Ari Prudente, Vilela e Carlos Roberto; Lourival, Ademir e Zenon; Balduino, Juti e João Carlos. Destacando-se foi para o Guarani de Campinas em 1975. O “Bugre”campineiro atuava com Sidney; Odair, Joãozinho, Amaral e Cláudio; Eduardo, Alexandre e Davi; Hamilton Rocha, Juti e Ziza. No ano seguinte estava no Ceará que formava com Sérgio Gomes; Louro, Lineu Hamilton e Ricardo; Pedro Basilio, Edmar e Jorge Luiz; Zé Eduardo, Juti e Da Costa. Em 1977 retornou ao Guarani que ia a campo com Neneca; Mauro, Gomes, Amaral e Beto; Edson, Amaral e Zenon; Miranda, Juti e Zé Luiz. Posteriormente defendeu o Toluca do México, o Guarapuava do Paraná para encerrar sua carreira como atleta de futebol no Caxias em 1980. A equipe “grená” atuava com Rui; Lauri, Ademir, Jerônimo e Gilberto; Liminha, Toninho e Tite; Bagé, Juti e Zezinho. Juti considera que Aureo Malinverni foi o melhor técnico que teve. Os zagueiros que lhe marcaram melhor foram Oscar e Polozzi que eram da Ponte Preta. O seu gol inesquecível foi consignado no jogo Avai 1 X Figueirense 0. Foi o jogo do título catarinense de 1974. Juti foi o artilheiro desse certame com vinte e oito gols. O seu ídolo nos gramados foi Zenon. Hoje Juti reside em Novo Hamburgo. Assim, resgatamos a história futebolística de Juarez dos Santos, o Juti que inegavelmente foi um atacante que marcou presença em vários estados brasileiros com seu bom futebol.

COMENTÁRIOS ()