Sexta-Feira, 21 de Julho de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1108- BENTEVI

Por Redação em 06 de Setembro de 2013


O futebol uruguaianense até meados do século passado revelou inúmeros craques para o futebol gaúcho. Como exemplo mencionamos Eurico Lara, Gessy Lima, Osvaldinho, Nelcy, Cacaio e Bentevi, o nosso focalizado nesta edição, ente muitos outros, Bentevi foi um excelente centro médio que teve marcante atuação no futebol de sua terra e em Porto Alegre, quando o Grêmio ainda sediava seus jogos na velha Baixada. O seu nome completo é João Mello da Cunha, sendo natural de Uruguaiana, onde nasceu no dia três de outubro de 1933. Iniciou suas atividades esportivas Universal, extinto clube de sua cidade natal. Em 1945 foi para o Ferro Carril. Destacando-se, em 1951 foi contratado pelo Grêmio, passando a integrar esta equipe que ia a campo com Wilson; Orly, Danton, Verardi e Bexiga; Bentevi, Ferraz e Vasconcelos; Pedrinho, Geada e Balejo.No ano seguinte a equipe tricolor jogava com Sérgio Moacir; Hugo, Clarel, Xisto e Aldeia; Bentevi, Ferraz e Gita; Tesourinha, Camacho e Pedrinho. Em 1953 retornou a Uruguaiana contratado pelo Ferro Carril, onde permaneceu até 1960 quando se transferiu para o Sá Viana. Em 1962 o tricolor uruguaianense formava com Catarino; Zeca, Nei, Fonso e Rosalino; Bentevi e Tampão; Pichica, Carpim e Luiz. Bentevi permaneceu no Sá Viana até 1969 quando encerrou sua bela carreira de atleta de futebol. Bentevi considera que Otto Pedro Bumbel foi o melhor técnico que o orientou. O melhor centro médio que viu em ação foi Danilo Alvim. O meia cancha adversário que lhe deu mais trabalho para ser marcado foi o uruguaio que jogou no Inter Julio Perez. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo Ferro Carril X Sá Viana em 1956, quando jogava pelo Ferro Carril. O seu ídolo nos gramados foi o antigo atacante gremista Geada. Hoje, aposentado Bentevi reside em Uruguaiana, onde tive o prazer de realizar esta entrevista. O apelido Bentevi vem de família, pois seu pai tinha esse apelido e que foi herdado por ele e seus irmãos. Assim, resgatamos a história futebolística de João Melo da Cunha, o Bentevi que foi mais um uruguaianense que marcou presença no nosso futebol nas décadas de cincoenta e sessenta.

COMENTÁRIOS ()