Sábado, 29 de Abril de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1109 - Rudinei

Por Redação em 13 de Setembro de 2013


Rudinei, o nosso focalizado nesta semana,foi um dos últimos bons ponteiros direitos formados nas divisões inferiores do Inter. Hoje essa posição está praticamente extinta. Os números sete hoje têm funções mais defensivas do que ofensivas como nos velhos tempos. Rudinei foi um ponteiro habilidoso e rápido proporcionando aos seus atacantes boas chances de gol. O seu nome completo é Rudinei Barbosa da Silva, sendo natural de Rio Grande, onde nasceu no dia quatorze de novembro de 1972. Iniciou suas atividades esportivas nas divisões inferiores do Rio Grande, de sua cidade natal. Destacando-se veio para o Inter em 1989, tendo se profissionalizado no ano seguinte. Nesse ano integrou uma equipe que ia a campo com Maizena; Chiquinho, Sandro Becker, Zabala e Célio Lino; Norberto, Julio e Marcelo Prates; Rudinei, Nelson e Edu. Permaneceu no Beira Rio até 1993 quando o Inter jogava com Gato Fernandez; Simão, Junior Baiano, Ricardo e Daniel; Jandir, Elson e Marquinhos; Rudinei, Demetrius e Caíco. No ano seguinte foi para o Rio Branco de Americana- SP. Em 1995 atuando pelo Rio Branco sofreu a fatalidade de fraturar uma perna. Essa lesão lhe afastou todo esse ano, retornando no ano seguinte atuando pelo Rio Branco e para o União Barbarense, retornando o Rio Branco. Em 1997 retornou para sua terra natal contratado pelo São Paulo, que jogava com Cris; Paulinho, Diego, Mano e Charles; Denilson, Dinho e Jean; Rudinei, Maicon e Marcelo Buda. Posteriormente defendeu o Rio Grande, Grêmio Bagé e Guarany da mesma cidade., onde em 2000 encerrou suas atividades como atleta de futebol. Porém, em 2004 recebeu um convite se transferir para a cidade catarinense de Pomerode , onde hoje reside. Lá atuou num clube amador da cidade. Rudinei considera que Antonio Lopes, Enio Andrade e Abílio dos Reis foram os melhores técnicos que teve. Os melhores ponteiros direitos que viu em ação foram Valdomiro e Mauricio. O lateral esquerdo que lhe marcou melhor foi Eduardo, ex Fluminense e Grêmio. O seu gol inesquecível foi consignado n o jogo Inter X Muniz Freire válido pela Copa do Brasil de 1992. Os seus ídolos nos gramados foram Gerson, centro avante do Inter, prematuramente falecido, Mauricio e Elder. Hoje Rudinei é árbitro de futebol sete soçaite da Liga de Pomerode. Assim, resgatamos a história futebolística de Rudinei Barbosa da Silva, o Rudinei que foi um dos últimos ponteiros direitos natos formados pelas divisões inferiores do Inter.

COMENTÁRIOS ()