Sábado, 29 de Abril de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1120- BETINHO

Por Redação em 29 de Novembro de 2013


Betinho, o nosso focalizado nesta edição foi um excelente lateral esquerdo que jogou vários clubes de diversos estados brasileiros. Eficiente na marcação e com um apoio qualificado, Betinho marcou presença em todos os clubes que defendeu. O seu nome completo é Gilberto Mendonça Severo sendo natural de Rosário do Sul, onde nasceu no dia sete de janeiro de 1965. Iniciou suas atividades esportivas na Associação Rosário. Em 1986 foi contratado pelo São Paulo de Rio Grande, que ia a campo com Cláudio; Nestor, Carlão, Paulo Barroco e Betinho; Caetano, Serginho e Evans; Bagé, Jair e Laerte. No ano seguinte foi para o futebol catarinense defender o Avai. No ano seguinte estava de volta ao nosso futebol atuando no Pelotas que jogava com Zé Carlos; Nestor, Eduardo, Serginho e Betinho; Marquinhos, Biro Biro e Délcio; Lambari, Luiz Carlos Gaúcho e Natalino. Em 1990 estava no Passo Fundo que atuava com Mazaropi; Jarbas, Zé Ricardo, Ademar e Betinho; Indio, Rogério e Casanova; Feijão, Ruben e Irineu. No ano seguinte foi para o Corinthians de São Paulo, que formava com Ronaldo; Giba, Marcelo, Guinei e Betinho; Wilson Mano, Tupanzinho e Neto; Fabinho, Mirandinha e Mauro. Em 1992 estava no Coritiba para no ano seguinte defender o Ypiranga de Erechim que atuava com Beto; Mauricio, Gilmar Nardi, André Luiz e Betinho; Carlos Alberto, Sérgio Oliveira e Jorjão; Paulo Gaúcho, Beto e Luvio. No mesmo ano defendeu o Atlético de Carazinho que ia a campo com Vilson; Alberto, Osvaldo, Fioresi e Betinho; Marquinhos, Reginaldo e Dandá; Romualdo, Valdeci e Joel. A seguir defendeu o Rio Grande, o Inter SM e o Riograndense de sua cidade natal, onde encerrou sua movimentada carreira como atleta profissional. Betinho considera que Jaime Schmidt, Bebeto e Galego foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. Os melhores laterais esquerdos que viu em ação foram Branco e Nonato. O ponteiro que lhe deu mais trabalho para ser marcado foi Almir. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo Grêmio 5 X Pelotas 1 quando venceu a pericia do goleiro Mazaropi. O seu ídolo nos gramados é o seu ex companheiro de Corinthians Neto. Hoje Betinho reside em Rio Grande onde exerce as atividades de treinador de goleiros do Riograndense local. Assim, resgatamos a história de Gilberto Mendonça Severo, o Betinho que inegavelmente foi um excelente lateral esquerdo que marcou presença em vários estados brasileiros.

COMENTÁRIOS ()