Sexta-Feira, 21 de Julho de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1125 – CAXIAS

Por Redação em 03 de Janeiro de 2014


As divisões inferiores do Inter, de maneira especial nas décadas de sessenta a oitenta, quando o saudoso Abílio dos Reis era o responsável pela garimpagem dos futuros craques, formou excelentes jogadores. Nessa época o garoto para fazer parte desse elenco tinha que ter muita bola no corpo. Nos grandes times colorados das conquistas da década de setenta, os garotos formados em casa estão em bom número. Devido a essa grande fartura de bons atletas, a grande maioria formada em casa não teve chances na equipe principal e foi brilhar em outros clubes. Foi o que ocorreu com o Caxias, o nosso focalizado nesta edição. Caxias foi um excelente zagueiro que teve marcante passagem pelo futebol paranaense, onde brilhou no Coritiba e Colorado. O seu nome completo é Alceu Menta sendo natural de Veranópolis, onde nasceu no dia vinte e seis de abril de 1958. Após uma rápida passagem pelas divisões inferiores da SER Caxias destacando-se veio para igual categoria do Inter em 1978. A equipe colorada nesse ano jogava com Décio; Lauri, Caxias, João Carlos e Joaquim; Roberto Fensterseifer, Cléo e Tonho; Dalmir, Romário e Rovanir. No ano seguinte foi para o Colorado de Curitiba onde brilhou intensamente. A equipe do Colorado em 1979 formava com Wilson; Ari, Caxias, Gassen e Sidney; Castor, Jorge Nobre e Osmarzinho; Buião, Tião Marçal e Zé Carlos. Caxias permaneceu no Colorado até 1983 integrando um time que ia a campo com Zico; Jorge, Paulo Marcos, Caxias e Chico Fraga; Castor, Marinho e Freitas; Roldão, Jones e Aladim. Em 1984 foi para o futebol carioca contratado pelo Botafogo. O clube da “Estrelas Solitária” atuava com Luiz Carlos; Josimar, Caxias, Cristiano e Vagner; Alemão, Otávio e Ninho; Helinho, Amarildo e Té. Em 1985 retornou ao futebol paranaense para defender o Coritiba, que era escalado com Gerson; André, Caxias, Heraldo e Dida; Almir, Marildo e Tobi; Gil, Indio e Paulinho. Nesse ano Caxias fez parte do elenco que se sagrou Campeão Brasileiro. Caxias foi orientado por vários técnicos. Destaca o trabalho de Enio Andrade, Rubens Minelli e Valdir Pereira, o mestre “ Didi da Folha Seca”. Os melhores zagueiros que viu em ação foram Figueroa e Felipão. Os atacantes que lhe deram mais trabalho para serem marcados foram Escurinho, Flávio, Dario, Geraldão, Sérginho, André Catimba, Beijoca e Nunes. Os seus gols inesquecíveis foram consignados nos jogos Coritiba X Inter, quando venceu a pericia do arqueiro Benitez cobrando uma falta, Colorado X Botafogo que foi o gol do Fantástico. O seu ídolo nos gramados foi Paulo Roberto Falcão. Hoje Caxias exerce as atividades de Assessor da Secretaria Especial da Copa do Mundo, sendo paralelamente comentarista esportivo da Rádio Barigui da capital paranaense. Assim, resgatamos a trajetória esportiva de Alceu Menta, o Caxias que foi mais um excelente zagueiro formado nas divisões inferiores do Inter que brilhou intensamente em vários clubes de outros estados brasileiros.

COMENTÁRIOS ()