Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1129- RENATO TEIXEIRA

Por Redação em 14 de Fevereiro de 2014


Renato Teixeira, o nosso focalizado nesta edição, teve uma participação bastante curiosa. Considerado um dos melhores atacantes de nosso futebol quando em ação, não atuou como profissional na dupla Grenal. Porém, no futebol baiano é muito considerado, pois defendeu com muito sucesso os dois maiores clubes do estado, o Vitória e o Bahia, onde se sagrou campeão brasileiro em 1988. Renato Teixeira foi um atacante típico do nosso futebol. Com forte porte físico e dotado de boa técnica foi um goleador nato. Ao menor vacilo da defensiva adversária marcava para a sua equipe. O seu nome completo é Renato Lopes Teixeira da Silva, sendo natural de Caxias do Sul, onde nasceu no dia dezessete de setembro de 1959. Iniciou suas atividades esportivas na divisão inferior da Associação Lajeadense. Posteriormente esteve na mesma categoria do Estrela e Internacional. Em 1981, já profissional, jogava no Lajeadense, integrando um time que ia a campo com Pateta; Ricardo, Bruno, Joel e Ademir; Mauro, Luiz Carlos e Djalma; Nonda, Renato Teixeira e Miltão. A seguir teve passagens pelo Novo Hamburgo, Brasil de Farroupilha e Avenida. Em 1988 foi contratado pelo Bahia que formava com Sidmar; Tarantini, João Marcelo, Pereira e Paulo Robson; Paulo Rodrigues, Bobô e Gil; Zé Carlos, Renato Teixeira e Marquinhos. No ano seguinte foi para o arqui rival Vitória, que atuava com Robinson; Jairo, Sérgio Odilon, Beto e Luciano; Bigú, Alberto e Hugo; Junior, Renato Teixeira e André Carpes. Em 1993 retornou ao Lajeadense que ia a campo com Jung; Vandeco, Gilmar Iser, Edson Gomes e Eliseu; Enio, Sérgio Winck e Peninha; Gerson, Renato Teixeira e Everton. Em 1995 estava no Guarani de Venâncio Aires que atuava com Oneide; Luiz, Roxo, Chicão e Gilmar; Denis, Eldor e Carlinhos; Sandro, Renato Teixeira e Palito.Renato Teixeira encerrou suas atividades esportivas com atleta profissional de futebol no Guarani de Garibaldi em 1997 integrando uma equipe que jogava com Alemão; Carlão, Alceu, Menezes e Valdir; Paulo Ricardo, Anderson e Pinto; Carli, Renato Teixeira e Anderson II. Como atleta amador defendeu posteriormente o Sete de Setembro de Dois Irmãos e o Juventude de Feliz. Entre os inúmeros técnicos que teve a orientá-lo, Renato Teixeira destaca Joel de Castro Flores, Bebeto, o”Canhão da Serra” e Ivo Wortmann como melhores. Os melhores atacantes que viu em ação foram Romário e Zico. Os zagueiros que melhor lhe marcaram foram Dario Pereira, Mauro Galvão e Wagner Bacharel. Os seus gols inesquecíveis foram marcados nos jogos Lajeadense X Inter SM e Brasil de Farroupilha X Guarani de Garibaldi. O seu ídolo nos gramados foi Mauro Galvão. Hoje reside em Farroupilha onde possui uma escolinha de futebol e trabalha no Brasil local. Assim, resgatamos a história futebolística de Renato Lopes Teixeira da Silva, o Renato Teixeira, que inegavelmente foi um grande atacante que marcou presença no futebol gaúcho e baiano.

COMENTÁRIOS ()