Quinta-Feira, 27 de Julho de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1139- GUEDES

Por Redação em 25 de Abril de 2014


Guedes, o nosso focalizado nesta edição foi mais um bom meia cancha revelado pelas divisões inferiores do Inter. Após profissionalizado não teve muitas chances no elenco principal devido a grande fartura de bons elementos na época. Em 1989 esteve emprestado no Vitória da Bahia. Em 1991 retornou ao futebol gaúcho para defender o Aimoré que jogava com Sandrini; São Borja, Luciano, Eliseu e Julio César; Sérgio Winck, Zico e Guedes; Marquinhos, Gustavo e Gilmar. A seguir defendeu o Lajeadense, Tubarão para encerrar no Cidreira em 1995. O Cidreira ia a campo com João Correa; Antonio Carlos, André, Xandi e Paulinho; Guedes, Marcelo Gaúcho, Alex e Zico; Denilson e Christian. O seu nome completo é Paulo Rogério Guedes dos Santos sendo natural de Porto Alegre, onde nasceu no dia dezesseis de maio de 1978. Guedes considera que os melhores técnicos que teve a orientá-lo foram Abilio dos Reis, Enio Andrade e Valmir Louruz. O melhor meia cancha que viu em ação foi Zico, que atuou no Caxias e outros clubes e hoje está radicado no México. O adversário que lhe melhor marcou foi Mauro Silva. O seu gol inesquecível foi consignado no jogo Aimoré 6 X Cruzeiro 1 em 1991. O seu ídolo nos gramados foi Paulo Roberto Falcão. Hoje Guedes reside em Porto Alegre, onde é empresário de jovens atletas. Assim, resgatamos a trajetória esportiva de Paulo Roberto Guedes dos Santos, o Guedes que foi mais um bom meia cancha formado nas divisões inferiores do Inter e lamentavelmente não teve muitas chances no elenco principal.

COMENTÁRIOS ()