Sexta-Feira, 24 de Novembro de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1148- CAIO FLAVIO

Por Redação em 27 de Junho de 2014


Caio Flávio foi um excelente meia cancha gabrielense que marcou presença no nosso futebol nas décadas de sessenta e setenta. Dotado de uma técnica exuberante teve marcante passagem pelo futebol de São Gabriel, sua terra natal e Santa Maria. O seu nome completo é Caio Flávio Lopes Rocha e nasceu na “Terra dos Marechais” no dia doze de dezembro de 1948. Iniciou suas atividades esportivas no Cruzeiro de sua cidade natal em 1965. Nesse ano o clube jogava com Paraguaio; Wilson, Ciro, Rubão e Vilmar; Isa e Caio Flávio; Danilo, Chola, Chinês e Volnei. Em 1968 teve uma curta passagem pelo Grêmio de Porto Alegre, integrando um time que formava com Alberto; Altemir, Ari Ercilio, Beto Bacamarte e Everaldo; Caio Flávio, João Severiano e Sérgio Lopes; Babá, Alcindo e Volmir. Após cerca de noventa dias de permanência no estádio Olímpico optou se transferir para o Internacional de Santa Maria, onde poderia conciliar a sua atividade esportiva com os estudos. Nesse ano o colorado santa mariense ia a campo com Valdir; Carlinhos, Santo, Donga e Tadeu Meneses; Caio Flávio, Preto e Juarez; Paulinho, Maneco e Maurinho. Permaneceu no Inter até 1973 e no ano seguinte retornou a sua cidade natal já com o curso de Educação Física concluído e contratado pelo São Gabriel. O clube em 1981 era escalado com Ricardo; Ricardo; Sérgio Vieira, Serginho, Caio Rocha e Miraglia; Batista, Caio Flávio e Saraco; Paulo, Cigano e Eduardo. Ao final desse ano Caio Flávio encerrou as suas atividades esportivas como atleta profissional. Passou a exercer o magistério e a vereança. Está exercendo o seu sexto mandato na Câmara Municipal de São Gabriel. Entre os inúmeros técnicos que o dirigiram destaca o trabalho de Ilo Nunes, que foi o seu primeiro treinador. O melhor meia cancha que viu em ação foi Paulo Roberto Falcão. O meia mais difícil de ser marcado foi Paulo César Carpegiani. O seu gol inesquecível foi consignado no jogo Cruzeiro de São Gabriel 1 X Cachoeira 1. Com esse empate o Cruzeiro conquistou o título da nossa Segunda Divisão. O goleiro do Cachoeira era o excelente Nilson. O seu ídolo nos gramados foi o seu antigo companheiro do Grêmio João Severiano. Assim, resgatamos a história futebolística de Caio Flávio Lopes Rocha, o Caio Flávio que foi um excelente meia cancha que marcou presença no nosso futebol nas décadas de sessenta e setenta.

COMENTÁRIOS ()