Segunda-Feira, 18 de Dezembro de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1153- GONÇALVES

Por César Freitas em 01 de Agosto de 2014


Gonçalves, o nosso entrevistado nesta edição, foi um excelente zagueiro que teve marcantes atuações na década de noventa. Com bom porte físico e uma ótima técnica no trato da bola, Gonçalves se destacou como um dos melhores zagueiros do nosso futebol nessa época. O seu nome completo é Marcelo Gonçalves Costa Lopes, é natural da “Cidade Maravilhosa” onde nasceu no dia vinte e dois de fevereiro de 1966. Gonçalves iniciou sua carreira como atleta de futebol no Flamengo em 1987. No ano de 1988 Gonçalves foi emprestado para o Santa Cruz de Recife onde integrou um time que jogava com Luiz Carlos; Leandro, Orlando, Gonçalves e Lotti; Ragner, Cardim e Ataíde; Catanoce, Cosme e Reinaldo. No ano seguinte retornou ao Flamengo que atuava com Cantarelli; Leandro Silva, Gonçalves, Rogério e Leonardo; Marquinhos, Ailton e Zico; Alcindo, Nando e Zinho. Em 1990 foi contratado pelo Botafogo. No mesmo ano foi para o futebol mexicano defender a Universidade do México. Permaneceu no futebol asteca até 1995 quando retornou ao nosso país contratado pelo Botafogo. O “Fogão” ia a campo com Wagner; Wilson Mineiro, Wilson Gotardo, Gonçalves e André Silva; Jamir, Beto e Sérgio Manoel; Iranildo, Tulio e Dauri. Permaneceu no clube da “ Estrela Solitária” até 1998 integrando uma equipe que atuava com Wagner; Estevão, Julio César, Gonçalves e Lúcio Wagner; Pingo, Fábio Augusto e Sérgio Manoel; Bebeto, Tulio e França. Em 1999 veio para o futebol gaúcho contratado pelo Inter. A equipe colorada jogava com Preto; Barão, Lúcio, Gonçalves e Alex; André Gheler, Claiton e Alexandre; Fabiano, Leandro e Elivelton. Ao fim desse ano Gonçalves encerrou suas atividades como atleta de futebol. Gonçalves realizou vinte e quatro partidas pela nossa seleção, marcando um gol. Uma das formações foi Carlos Germano; Cafu, Gonçalves, André Cruz e André Luiz; Zé Elias, Leonardo, Giovani e Amaral; Donizetti e Ronaldo Fenônemo. Gonçalves foi orientado por inúmeros treinadores. Destaca o trabalho de Zagalo e Paulo Autuori. Os melhores zagueiros que viu em ação foram Aldair, Mauro Galvão, Leandro, Edinho e Tiago Silva. Os atacantes que lhe deram mais trabalho para serem marcados foram Romário e Edmundo. O seu gol inesquecível foi consignado no jogo Botafogo e Vasco na final da Taça Guanabara de 1997. O seu ídolo nos gramados foi Zico. Hoje reside no Rio de Janeiro onde possui uma Consultoria Esportiva, uma escolinha de futebol na Barra da Tijuca e é comentarista de futebol da Rádio Bradesco FM e da TV CNT. Assim, resgatamos a história futebolística de Marcelo Gonçalves Costa Lopes, o Gonçalves que inegavelmente foi um dos melhores zagueiros do futebol brasileiro na década de noventa.

COMENTÁRIOS ()