Domingo, 26 de Março de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1163- ZÓZIMO

Por Redação em 10 de Outubro de 2014


Na década de noventa as divisões inferiores do Inter não revelaram muitos bons valores para a zaga. Assim, o clube Foi obrigado a procurar em outros clubes defensores para o seu elenco. Entre os zagueiros contratados estava Zózimo, o nosso focalizado nesta edição. Zózimo foi um bom zagueiro que possuía uma boa impulsão. Teve o azar de pegar o Inter em constante reformulação. O seu nome completo é Almir Moreira Pimenta, sendo natural da capital paulista onde nasceu no dia seis de janeiro de 1967. Iniciou suas atividades esportivas nas divisões inferiores do São Paulo, onde se profissionalizou. Em 1987 foi para o SAAD hoje São Caetano. Posteriormente foi para o Ubiratã de Dourados – MT. Em 1994 veio para o Inter para integrar um time que jogava com André; Jairo, Zózimo, Alex e César Prates; Luiz Fernando Souza, Everton Luiz e Lico; Leto, Leandro e Ruben. No ano seguinte foi para a Chapecoense que atuava com Pedro Paulo; Cambé, Zózimo, Oliveira e Itá; Ivair, Titi e João Carlos; Nei, Indio e Paulo Rink. Em 1997 retornou ao nosso futebol contratado pelo Brasil de Pelotas, que ia campo com Cássio; Marquinhos, Zózimo, Sérgio Marcio e Junior; Evanor, Fábio Barreto e Luizinho; Gilson, Lima, e Scott. Entre os inúmeros técnicos que teve, Zózimo destaca o trabalho de Antônio Lopes, Cilinho e Juarez Vilela. Os melhores zagueiros que viu em ação foram Dario Pereira e Luizinho. O seu gol inesquecível foi marcado quando jogava pelos juvenís do São Paulo e venceu o Corinthians pelo escore mínimo. Os seus ídolos nos gramados são Careca e Pita. O apelido Zózimo, que tem desde que chegou ao São Paulo é devido a sua semelhança física com Zózimo Alves Calazans, que jogou no Bangu e Seleção Brasileira, sendo bi campeão do Mundo em 1962. Assim, resgatamos a história futebolística de Almir Moreira Pimenta, o Zózimo que marcou presença no futebol gaúcho na década de noventa.

COMENTÁRIOS ()