Quarta-Feira, 23 de Agosto de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1177 - Marcio Dias

Por Redação em 30 de Janeiro de 2015


Marcio Dias, o nosso entrevistado nesta edição foi um excelente zagueiro que iniciou sua trajetória esportiva nas escolinhas do Dom Bosco da capital gaúcha. Posteriormente foi para as divisões inferiores do Caxias. A seguir se profissionalizou no Glória de Vacaria. A seguir defendeu o Novo Hamburgo em 2000 que jogava com Donizete; Nei, Aládio, Marcio Dias e Gerson; Lino, Joel Marcos e Cleber; Pachequinho, Leco e Alexandre.Depois esteve no Remo, Uberlândia, Hercilio Luz, Brasil de Pelotas, Pelotas em 2004 retornou ao Novo Hamburgo para integrar uma equipe que ia a campo com Luciano; Julio, Aládio, Marcio Dias e Serginho; Luiz Henrique, Ornelio e Marco Antônio; Paulo Leandro, Thiago e Douglas. Em 2006 estava no Joinville e no ano seguinte atuou no Sapucaiense que era formado com Eliandro; Marcio Dias, Lacerda, Cirilo e Gian; Everton, Jucemar e Brida; Ivo, Safira e Maicon. Posteriormente defendeu o Glória, onde encerrou suas atividades como atleta de futebol, passando a exercer as funções de Gerente de Futebol. Marcio Dias considera que Daltro Menezes e Beto Almeida foram os melhores técnicos que teve a oreintá-lo. O melhor zagueiro que viu em ação foi Edinho. Os atacantes que lhe deram mais trabalho para serem marcados foram Badico, Zé Cláudio e Christian. Os seus gols inesquecívis foram marcados no jogo Caxias 3 X Avai 2, quando marcou dois gols. Os seus ídolos nos gramados foram Zico e Falcão. Assim, resgatamos a história futebolística de Marcio Dias Bicca, que é gaucho de Rio Pardo, onde nasceu no dia sete de junho de 1970.

COMENTÁRIOS ()