Terça-Feira, 27 de Junho de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1178 - FLÁVIO SALLES

Por Redação em 06 de Fevereiro de 2015


Nos dias de hoje é muito dificil, quase impossível, encontrar um atleta que tenha atuado por um longo período somente num clube. Foi o que ocorreu com o nosso entrevistado desta edição, o Flávio Salles. Ele só vestiu uma camiseta, a do São Paulo de Rio Grande. Entrou garoto no estádio Aldo Dapuzzo e deixou-o quando parou de jogar profissionalmente. Flávio Salles foi um excelente zagueiro, apesar da sua baixa estatura para essa posição. Em 1974 o São Paulo jogava com Flávio; Neltuir,Machado, Flávio Salles e Oliveira; Vadi, Paulo Correa e Ari Cunha; Paulinho, Sissa e Sidney. Em 1976 a equipe são paulina atuava com Nenê; Silva, Machado, Flávio Salles e Paulinho; Jorge, Antoninho e Delmar; Sidney, Nilo e João Carlos. No ano seguinte a formação da equipe era Paulinho; Pepe, Machado, Flávio Salles e Paulo Barroco; Vadi, Antoninho e Evonir; Gonha, Nilo e Pinguela. Finalmente em 1978 o São Paulo riograndino ia a campo com Ilo; Vadi, Antonio Carlos, Flávio Salles e Paulo Barroco; Nilo, Palito e Flávio Correa; Toquinho, Neudo e Renatinho. Entre os inúmeros técnicos que teve a oreintá-lo, Flávio Salles considera que Ney Amado Costa foi o melhor. O melhor zagueiro que viu em ação Figueroa. Os atacantes que lhe deram mais trabalho para serem marcados foram Nico e Vilmar Cachaça que foi seu ídolo nos gramados juntamente com Neca. O seu nome completo é Flávio Gonçalves Salles, sendo natural de Rio Grande onde nasceu no dia primeiro de julho de 1946. Paralelamente a sua atividade como atleta de futebol, Flávio Sales exerceu a atividade de policial militar junto a Brigada Militar. Hoje reformado, Flávio Salles reside em Rio Grande.

COMENTÁRIOS ()