Domingo, 26 de Março de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1186 - JUNINHO

Por Redação em 01 de Abril de 2015


Juninho, o nosso entrevistado nesta edição, foi um excelente meia cancha que teve uma boa participação em todos os clubes que atuou, tanto no futebol brasileiro quanto no exterior. Juninho chamava a atenção pela excelente movimentação em campo, sempre procurando armar boas jogadas para os seus companheiros de ataque. O seu nome completo é Irineu Parmigiani Junior, sendo paulista de Neves Paulista, onde nasceu no dia vinte de outubro de 1966. Iniciou suas atividades esportivas nas divisões inferiores do Santos em 1985. No ano seguinte já profissional integrava uma equipe que jogava com Rodolfo Rodrigues; Amauri, Celso, Pedro Paulo e Paulo Robson; Dunga, Ribamar e Juninho; Serginho,Gerson e Carlos Alberto Borges. Em 1987 foi contratado pelo Palmeiras que era formado com Zetti; Gerson Caçapa, Marcio, Mariovaldo e Célio; Adalberto, Edu Marangon e Juninho; Tato, Rodinaldo e Mauro. Em 1988 estava de volta a Vila Belmiro jogando num time que atuava com Nilton; Eder, Nildo, Davi e Luizinho; César Ferreira, César Sampaio e Juninho; Mendonça, Leonardo e Sidney. Em 1990 foi para o futebol carioca defender o Botafogo. Em 1992 veio para o futebol gaúcho contratado pelo Grêmio, que ia a campo com Danrlei, Alfinete, Paulão, Luciano e Itá; Pingo, Juninho e Carlos Miguel; Fabinho, Gilson e Adil. No ano seguinte retornou ao Botafogo para jogar com Vagner; Marcio, Wilson Gotardo, Rogério e Teodoro; Nelson, Beto, Juninho e Sérgio Manoel; Mauricinho e Tulio. A seguir Juninho começou uma grande peregrinação em vários clubes de vários estados e países. Jogou no Necaxa do México, União São João, Otsuka do Japão, Araçatuba, Matonense, Santa Cruz de Recife e América paulista. Juninho teve vários técnicos. Considera que os melhores foram Valdir Espinosa e Carlos Castilhos. Os melhores meias que viu em ação foram Zico, Sócrates, Platini, Zidane e Landrup. Os volantes que melhor lhe marcaram foram Dunga, César Sampaio e Mineiro. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo Santos X Corinthians em 1985.O ídolo nos gramados de Juninho foi Zico. Hoje Juninho reside em São Paulo onde exerce as atividades de Agente CBF. Assim, resgatamos a história futebolística de Irineu Parmigiani Junior, Juninho, que teve uma marcante passagem pelo futebol brasileiro no século passado.

COMENTÁRIOS ()