Sexta-Feira, 28 de Abril de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1191 - RUBENVAL

Por Redação em 07 de Maio de 2015


As Divisões Inferiores do Grêmio nos anos setenta revelaram poucos valores que quando aproveitados na equipe principal, não tiveram uma vida longa. A época era de ouro para o Inter que conquistava muitos títulos tanto de âmbito estadual quanto nacional. A cada conquista colorada, um novo time gremista era formado e essa instabilidade prejudicou muito a “prata da casa”. Rubenval, o nosso entrevistado nesta edição, foi uma das vítimas desse processo de transição. Rubenval foi um bom meia de articulação, cujo nome completo é Rubenval Ferreira da Silva, sendo natural de Novo Hamburgo, onde nasceu no dia nove de julho de 1955. Em 1972 veio para as divisões inferiores gremistas. Em 1976 defendeu o Atlético de Carazinho, que jogava com Luiz Carlos, Felix, Brito, Décio e Sidney; Laerte, Rubenval e Odir; Valdir, Paulo Taborda e Fernando. No ano seguinte foi para o futebol carioca emprestado para o Volta Redonda. No mesmo ano retornou ao clube do Estádio Olímpico que ia a campo com Remi; Celso Augusto, Tadeu, Jesus e Clóvis; Valderez, Rubenval e Celso Freitas; João Carlos, Claudinho e Gino.Em 1978 o Grêmio jogava com Remi; Valdoir, Cassiá, Vilson e Serginho; Valderez, Rubenval e Jorge Leandro; Francisco, Everaldo e Jurandir. A seguir defendeu o São Paulo de Rio Grande e o Marcilio Dias de Itajai. Em 1981 retornou a Porto Alegre contratado pelo São José que formava com Alexandre Borini; Herbert, Ditão, Nicola e Flávio; Valter, Rubenval e Giba; Rogério, Geraldo e Miltinho. Depois foi para o Inter de Lages-SC, Blumenau, Aimoré para em 1987 jogar no Avenida, integrando uma equipe que atuava com Ricardo; Cosme, Cedenir, Spall e André; Roberto, Mazinho e Rogério; Rubenval, Quinho e Luciano. No ano seguinte encerrou suas atividades como atleta de futebol no Estrela. Rubenval considera que Acosta, Sebastião Leonidas e Telê Santana foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. Os melhores meias que viu em ação foram Rivelino, Zico e Ademir da Guia. Os volantes que melhor lhe marcaram foram Caçapava, Russo e Zé Carlos. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo Volta Redonda dois X Sergipe um, consignado aos quarenta e cinco minutos do tempo final. O seu ídolo nos gramados foi Ademir da Guia. Hoje aposentado Rubenval reside na cidade catarinense de Lages. Assim resgatamos a história futebolística de Rubenval Ferreira da Silva, o Rubenval que foi mais uma “prata da casa “ gremista mal aproveitada.

COMENTÁRIOS ()