Sábado, 27 de Maio de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1194 - MURILO

Por Redação em 28 de Maio de 2015


Murilo, o nosso entrevistado nesta edição, foi um dos últimos bons meia canchas revelados pelas divisões inferiores do Inter. Meia cancha habilidoso e movediço lamentavelmente não teve muitas chances no grupo principal. O seu nome completo Murilo Luis Casagrande tendo nascido na cidade paulista de Porto Feliz no dia trinta de dezembro de 1975. Muito garoto veio para o Inter e em 1996 foi promovido à equipe titular formando com Goycochea; Ronaldo, Argel, Gamarra e César Prates; Elson, Anderson e Murilo; Fabinho, Leandro e Yan. Em 1998 foi contratado pelo Brasil de Pelotas, que jogava com Cássio; Marquinhos, Ademir, Vladimir e Silvan; Pino, Josias e Murilo; Cleber, Luiz Gustavo e Tailson. No ano seguinte retornou ao Inter e posteriormente foi para o futebol catarinense defender o Avai. A seguir foi para o futebol boliviano, onde encerrou suas atividades como atleta profissional. Entre os inúmeros técnicos que teve a dirigi-lo destaca Abel Braga e Nelsinho Batista. O melhor meia cancha que viu em ação foi Ronaldinho Gaúcho. O volante que melhor lhe marcou foi Dinho. O seu gol inesquecível foi marcado no Grenal 331 que foi vencido pelo Grêmio por dois a um. Os seus ídolos nos gramados são Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo Nazário. Hoje Murilo exerce as atividades de Empresário de Futebol e reside da cidade boliviana de Santa Cruz de La Sierra. Assim, resgatamos a história futebolística de Murilo Luis Casagrande, que foi um excelente meia cancha que não teve muitas chances no futebol brasileiro

COMENTÁRIOS ()