Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1198 - PAULO PETER

Por Redação em 23 de Junho de 2015


Paulo Peter, o nosso entrevistado nesta edição, foi mais um polivalente de nosso futebol. Atuava com igual eficiência em todas as posições do meio para o ataque. O seu nome completo é Paulo Peter Vanier, sendo natural de Pelotas, onde nasceu no dia onze de outubro de 1970. Iniciou suas atividades esportivas nas divisões inferiores do Pelotas, onde se profissionalizou. Em 1994 foi para o Arroio do Meio. Em 1996 retornou para o futebol pelotense contratado pelo Farroupilha, que jogava com Paulo Sérgio; Murilo, Hélio, Paulo Ricardo e Renatinho; Agnaldo, Délcio e Paulo Peter; Manga, Lima e Paulo Alexandre. No ano seguinte o “Farrapo” ia a campo com Alfonso; Grilo, Luciano, Sandro e Julio; Mussa, Boiota e Paulo Peter; Nazarildo, Badico e Roberto Tadielo. Em 1998 Paulo Peter foi contratado pelo São José de Porto Alegre. A equipe “Zequinha” atuava com Donizete; Sérgio Winck, Leandro, Paulo Roberto e Gilmar Fontana; Lino, Vandeco e Paulo Peter; Lela, João de Deus e Arizinho. Os melhores treinadores que Paulo Peter teve foram Amauri Knewitz, Hélio Vieira e Celso Freitas. O melhor atacante que viu em ação foi Romário. Os zagueiros que melhor lhe marcaram foram Índio e Capone. O seu gol inesquecível foi consignado no jogo Farroupilha X 14 de Julho de Livramento. Foi o gol da classificação. Os seus ídolos nos gramados foram Ademir Alcântara e Dunga. Hoje Paulo Peter reside em Pelotas onde exerce as atividades de gerente regional dos Sorvetes Triviali. Assim, resgatamos a trajetória esportiva de Paulo Peter Vanier, o Paulo Peter, que com seu bom futebol marcou presença nos gramados de Porto Alegre e Pelotas.

COMENTÁRIOS ()