Quarta-Feira, 20 de Setembro de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1205 - ZÉ CARLOS

Por Redação em 16 de Julho de 2015


A grande conquista do Esporte Clube Bahia foi o campeonato Brasileiro de 1988. Nessa oportunidade o grande destaque do tricolor baiano foi a meia cancha integrada pelo Paulo Rodrigues, Bobô e Zé Carlos, o nosso entrevistado nesta edição. Zé Carlos foi um verdadeiro motor, incansável na marcação e armação das jogadas para o seu ataque. O seu nome completo é José Carlos Conceição dos Anjos, sendo baiano de Salvador, onde nasceu no dia vinte de março de 1965. Iniciou suas atividades esportivas no ano de 1986. Em 1988 a equipe do Bahia que foi campeã brasileira jogava com Ronaldo; Tarantini, João Marcelo, Claudir e Paulo Robson; Paulo Rodrigues, Bobô e Zé Carlos; Gil, Charles e Sandro. No ano seguinte foi contratado pelo Inter, onde não conseguiu reeditar as excelentes atuações no tricolor baiano. A equipe colorada jogava com Taffarel; Chiquinho,Nenê Aguirregaray e Casemiro; Bonamigo, Luiz Carlos, Marquinhos e Zé Carlos; Nelson e Edu. Em 1990 foi para o futebol paulista defender o Guarani de Campinas. Em 1991 foi contratado pelo Atlético MG que jogava com João Leite; Alfinete, André, Tobias e Paulo Roberto; Eder Lopes, Zé Carlos e Moacir; Sérgio Araujo, Edmar e Edu. No ano seguinte teve uma passagem pelo futebol da Arabia Saudita, retornando logo para o “Galo” mineiro. Em 1992 ao Atlético jogava com Humberto; Alfinete, Luiz Eduardo,Ryller e Paulo Roberto; Eder Lopes, Moacir e Zé Carlos; Edvaldo, Edmar e Edu. Em 1994 a equipe atleticana formava com Humberto; Dinho, Luiz Eduardo, Adilson e Paulo Roberto; Valdir, Darcy e Zé Carlos; Claiton, Gaúcho e Reinaldo. Em 1996 Zé Carlos defendeu o América carioca e posteriormente encerrou sua carreira como atleta de futebol. Zé Carlos defendeu a nossa seleção em quatro oportunidades. Em uma delas a nossa representação formou com Zé Carlos; Jorginho, Mauro Galvão, André Cruz e Mazinho; Bernardo, Bismarck e Bobô; Zé Carlos, Cristóvão e Zinho. Zé Carlos considera que Enio Andrade e Evaristo de Macedo foram os melhores técnicos que teve. Os melhores meia canchas que viu em ação foram Jorge Leandro, Zico e Bobô. Os volantes que melhor lhe marcaram foram Mazinho, Norberto e César Sampaio. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo São Paulo 0 X Bahia 2. Os seus ídolos nos gramados foram Taffarel e Cláudio Adão. Hoje Zé Carlos reside em Salvador onde exerce as atividades de empresário de eventos e possui uma escolinha de futebol. Assim, resgatamos a história esportiva de José Carlos da Conceição dos Anjos, o Zé Carlos que inegavelmente foi um excelente meia cancha, que marcou presença no futebol brasileiro nas décadas de oitenta e noventa.

COMENTÁRIOS ()