Sábado, 16 de Dezembro de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1234-FLÁVIO

Por Redação em 28 de Outubro de 2015

(Foto: Divulgação)


O nosso entrevistado nesta edição é o Flávio que foi um bom lateral com marcantes passagens por vários clubes gaúchos. O seu nome completo é Flávio Ribeiro Moncalves, sendo natural de Itaqui, onde nasceu no dia vinte e nove de julho de 1953. Iniciou suas atividades no Atlético de Carazinho, posteriormente defendeu o Santa Cruz. Em 1979 estava no São Borja que jogava com Mano; Flávio, Jesus, Aguiar e Cito; Silvio Soares, Clovis e Bozó; Vadinho, Raul Matte e Canhotinho. Posteriormente foi para o Riograndense de Santa Maria e Guarani de Bagé. Em 1984 defendia o Pelotas jogando com Décio; Flávio, Eduardo, Clausemir, e Toninho Costa; Paulo Ricardo, Ademir Alcântara e Tijuca; Celso, Amaral e Rubens. Depois foi para o Santo Ângelo, Fortaleza, CSA de Alagoas para retornar ao Guarany de Bagé, onde encerrou sua movimentada carreira como atleta de futebol. Flavio considera que Paulo de Souza Lobo, o saudoso Galego foi o melhor técnico que teve a orientá-lo. O melhor lateral direito que viu em ação foi Nelinho. O ponteiro esquerdo que lhe deu mais trabalho para ser marcado foi Loivo. O seu gol inesquecível foi consignado no jogo São Borja X Grêmio. O seu ídolo nos gramados foi Édson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé. Assim resgatamos a história futebolística de Flávio Ribeiro Moncalves, o Flávio que foi mais um bom lateral direito que marcou presença na história de vários clubes gaúchos.

COMENTÁRIOS ()