Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1290- LUIZINHO NETO

Por Redação em 07 de Outubro de 2016


Luizinho Neto, o nosso entrevistado nesta edição, foi mais um bom lateral direito com marcantes passagens por importantes clubes do futebol brasileiro. Luizinho Neto, cujo nome próprio é Luiz Idorildo Neto da Cunha, é gaúcho de Cachoeira do Sul onde nasceu no dia seis de abril de 1974. Iniciou suas atividades esportivas no Guarani de Venâncio Aires em 1992, onde se profissionalizou. Em 1995 o Guarani jogava com Oneide; Luizinho Neto, Roxo, Chicão e Gilmar Nass; Denis, Carlinhos e Eldor; Sandro, Renato Teixeira e Luiz Fernando. Nesse mesmo ano foi para o futebol catarinense contratado pelo Joinville. No ano seguinte foi para o São Paulo do Morumby que atuava com Zetti; Luizinho Neto, Pedro Luiz, Bordon e Sérginho; Axel, Edmilson, André Luiz e Denilson; Muller e Ariztizabal. Em 1997 foi contratado pelo Atlético Paranaense que em 1998 formava com Flávio; Luizinho Neto, Reginaldo, Edinho Baiano e Dedé; Gerson Caçapa, Paulo Miranda e Luizinho Vieira; Warley, Tuta e Kelly. Luizinho Neto permaneceu no rubro negro curitibano até 2000 integrando um time que era escalado com Flávio; Luizinho Neto, Reginaldo, Gustavo e Fabiano; Marcos Vinicius e Luiz Carlos Goiano; Kelly e Silvinho; Lucas e Kleber; Em 2001 foi para o futebol mineiro que atuava com André; Luizinho Neto; Cleber, Cris e Sorin; Ricardinho, Jorge Vagner e Sérgio Manoel; Muller, Oséas e Geovani. No ano seguinte retornou para o futebol gaúcho contratado pelo Inter que ia a campo com Clemer; Luizinho Neto, Luiz Alberto, Fernando Cardoso e Cássio; Marcio Hann, Claiton e Carlos Miguel; Maycon Librelatto, Leandrão e Fernando Baiano. Em 2003 retornou ao Atlético Paranaense. Em 2004 foi contratado pelo Avai que atuava com Pitarelly; Luizinho Neves, Jean Elias, Julio César e Ednilson; Marcos Basilio, Carlinhos e Paulista; Toni, Eder e Tico. Em 2006 foi para o Criciuma. No mesmo ano foi contratado pelo Atlético Mineiro, era escalado com Diego; Luizinho Neto, Lima, Marcos e Thiago Feltri; Bilu e Rafael Miranda; Marcinho e Danilinho; Eder Luiz e Marinho. Em 2008 foi para o futebol pernambucano defender o Sport Recife que ia a campo com Magrão; Luizinho Neto; Igor, Durval e Dutra; Daniel, Everton e Sandro Goiano; Carlinhos Bala, Romerito e Enilton. Posteriormente defendeu o ABC de Natal, o Itumbiara e o Mixto onde abandonou os gramados como atleta de futebol. Luizinho Neto considera que Mano Menezes, Luiz Felipe Scolari, Abel Braga, Geninho e Vadão foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. O melhor lateral direito que viu em ação foi Cafu. Os ponteiros que lhe deram mais trabalho para serem marcados foram Denilson e Felipe, ex Vasco da Gama. O seu gol inesquecível foi marcado no primeiro jogo do Atlético Paranaense pela Copa Libertadores no Peru. O seu ídolo nos gramados é Arthur Antunes Coimbra, o Zico. Hoje Luizinho Neto reside em Curitiba onde exerce as atividades como proprietário de fazendas de gado e de soja na cidade paranaense de Guarapuava. Assim, resgatamos a história futebolística de Luiz Idorildo Neto da Cunha, o Luizinho Neto que inegavelmente foi um lateral direito que marcou sua presença em grandes clubes de vários estados brasileiros.

COMENTÁRIOS ()