Domingo, 26 de Março de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1293- ROBERTO COSTA

Por Redação em 28 de Outubro de 2016


Roberto Costa, o nosso focalizado nesta edição, foi um excelente goleiro com marcantes passagens por diversos clubes brasileiros. O seu nome completo é Roberto Costa Cabral, sendo paulista de Santos, onde nasceu no dia oito de dezembro de 1954. Iniciou sua atividades esportivas no Santos em 1972.Permaneceu na Vila Belmiro até 1976. Em 1977 foi contratado pelo Criciuma. No ano seguinte foi para o Atlético Paranaense que jogava em 1979 com Roberto Costa; Loti, Lazinho,Oliveira e Augusto; Didi Duarte, Lance e Rota; Paulinho, João Carlos e Nivaldo. Em 1981 foi contratado pelo arqui rival Coritiba. Em 1982 retornou para o “Furacão” que era escalado com Roberto Costa; Augusto, Jair Gonçalves, Oliveira e Dionisio; Bainchi, Lima e Sarandi; Anselmo, Jorge Nobre e Tadeu. No ano seguinte o rubro negro paranaense atuava com Roberto Costa; Deti, Jair Gonçalves, Mauro e Sérgio Moura; Miro Luiz, Jorge Luiz e Peu; Capitão, Washington e Assis. Em 1984 foi para o futebol carioca contratado pelo Vasco da Gama que era escalado com Roberto Costa; Edvaldo, Daniel Gonzalez, Nenê e Airton; Pires, Geovani e Arthurzinho; Jussiê, Roberto Dinamite e Mauricinho. No ano seguinte o clube da Cruz de Malta jogava com Roberto Costa; Edvaldo; Ivan, Daniel Gonzalez e Airton; Vitor, Oliveira e Geovani; Mauricinho, Cláudio Adão e Rômulo. Ainda em 1985 veio para o futebol gaúcho contratado pelo Internacional que ia a campo com Roberto Costa; Ademir Antes, Aloisio, Mauro Galvão e Pinga; Ademir Kaeffer, Tita e Ruben Paz; Silvio, Kita e Silvinho. Em 1986 foi contratado pelo América de São José do Rio Preto. No mesmo ano retornou ao Atlético Paranaense que em 1987 formava com Roberto Costa; Bruno, Adilson, Marcão e Cambé; Cacau Paulista, Roberto e Pedrinho; Cacau Goiano, Oliveira e Renato Sá. A seguir defendeu o Noroeste de Baurú, o Esportivo de Bento Gonçalves, o Flamengo de Varginha-MG, o Taguatinga para finalizar sua movimentada como atleta de futebol no Caldense de Poços de Caldas- MG em 1990. Em 1984 Roberto Costa defendeu a nossa Seleção num jogo contra a Inglaterra. A nossa representação jogou com Roberto Costa; Leandro, Mozer, Ricardo Rocha e Junior; Pires e Zenon; Renato Gaúcho, Assis, Roberto Dinamite e Toto. Roberto Costa considera que Edu Cimbra foi o melhor técnico que teve a orientá-lo. Os melhores goleiros que viu em ação foram Taffarel e Cláudio, ex Santos. A sua partida inesquecível, quando defendeu até pensamento, foi Atlético Paranaense X São Paulo válida pelo Brasileirão de 1983. O seu ídolo nos gramados é Édson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé. Hoje Roberto Costa reside em Foz do Iguaçú, onde exerce as atividades de Coordenador de Esportes da Prefeitura e é técnico da equipe feminina da cidade. Assim, resgatamos a história futebolística de Roberto Costa Cabral , o Roberto Costa, que inegavelmente foi um excelente goleiro com marcantes passagens em clubes de diversos estados brasileiros.

COMENTÁRIOS ()