Sábado, 29 de Abril de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1304- CLÁUDIO LUIZ

Por Redação em 13 de Janeiro de 2017


Bom zagueiro defensor e goleador, Cláudio Luiz marcou presença em gramados de vários estados brasileiros. Com uma altura acima da média, Cláudio Luiz foi imbatível nas bolas altas de sua área e um perigo nas áreas adversárias. O seu nome completo é Cláudio Luiz Aldir Oliveira, sendo baiano de Salvador, onde nasceu no dia vinte e sete de julho de 1977. Iniciou suas atividades esportivas no Galícia de sua cidade natal em 1998. No mesmo ano foi para a Ponte Preta. No ano seguinte defendeu o Juventus da capital paulista e Mirassol. No ano de 2000 veio para o nosso futebol contratado pelo Juventude que jogava com Humberto; Da Guia, Cláudio Luiz, Adilson e Kiko; Marcão e Lauro; Caio e Marcelinho; Luciano Fonseca e Adriano Chuva. Em 2001 foi para o futebol português defender o Acadêmica de Coimbra. Em 2002 retornou ao futebol brasileiro contratado pelo Figueirense. A seguir defendeu o Marilia, Vila Nova de Goiás, Ipatinga e Vitória da Bahia. Em 2006 foi contratado pelo Criciuma onde permaneceu até 2008. Nesse ano o “Tigre” catarinense jogava com Zé Carlos; Patrick, Cláudio Luiz, Wesley e Wendel; Basilio Coutinho, Marcelo Rosa e Luiz André; Jael, Beto e Jean Coral. Em 2009 foi defender o Náutico que atuava com Gledson; Patrick, Cláudio Luiz, Asprila e Michel; Nilson, Derlei e Anderson Santana; Carlinhos Bala, Ailton e Acosta. No ano seguinte retornou ao nosso futebol gaúcho contratado pelo Novo Hamburgo que ia a campo com Juninho; Michel, Cláudio Luiz, Edson Borges e Paulinho; Emerson, Márcio Hann e Preto; Michel, Gustavo Papa e Rodrigo Mendes. Claudio Luiz considera que Murici Ramalho, Geninho, Roberval Davino e Péricles Chamusca foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. O melhor zagueiro que viu em ação foi Junior Baiano. Os atacantes que lhe deram mais trabalho foram Oséas, Tuta e Adriano Imperador. Os seus gols inesquecíveis foram marcados no jogo Figueirense X Criciuma pelo final do campeonato catarinense, quando marcou dois gols. O seu ídolo nos gramados é Jorge Campos. Assim, resgatamos a história futebolística de Cláudio Luiz Aldir de Oliveira, o Cláudio Luiz que inegavelmente foi um excelente zagueiro com marcante passagem pelo futebol brasileiro.

COMENTÁRIOS ()