Domingo, 26 de Março de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1305- ATHIRSON

Por Redação em 27 de Janeiro de 2017


A equipe do Flamengo carioca ao longo dos tempos apresentou excelentes laterais esquerdos, com especial destaque para Paulo Henrique, Junior e Athirson, o nosso entrevistado nesta edição. Athirson sempre se destacou pela sua apurada técnica no trato da bola. O seu nome completo é Athirson Mazolli e Oliveira, sendo natural da cidade do Rio de Janeiro, onde nasceu no dia dezesseis de janeiro de 1977. Iniciou suas atividades esportivas nas divisões inferiores do Flamengo que em 1997 jogava com Clemer; Fabio Baiano, Junior, Fabiano e Athirson; Jamir e Maurinho, Evandro e Iranildo; Lúcio e Sávio. Em 1999 o “Mengo” era escalado com Clemer; Pimentel, Fabão, Luiz Alberto e Athirson; Beto e Rodrigo Mendes; Caio, Romário e Reinaldo. Em 2002 o “rubro negro” formava com Julio César; Alecsandro, Valdson, Fernando e Athirson; Jorginho, André Gomes e Felipe Mello; Hugo, Andresinho e Liedson. Em 2004 o clube da Gávea ia a campo com Julio César; Rafael, Junior Baiano, Fabiano Heller e Athirson; Da Silva, Ibson e Zinho; Felipe, Jean e Diogo. Anteriormente em2001Athirson teve uma passagem pelo futebol italiano, pois foi contratado pela Juventus de Turim. Em 2002 retornou ao Flamengo. Em 2004 defendeu o CSKA por pouco tempo, retornando logo para o ninho antigo. Em 2005 foi para o futebol mineiro defender o Cruzeiro que ia a campo com Fábio; Ruy, Marcelo Batatais, Edu Dracena e Athirson; Maldonado, Marabá e Fábio Santos; Lopes, Fred e Kelly. Logo a seguir foi para o futebol alemão contratado pelo Bayer Leverkusen , onde permaneceu até 2007. Nesse mesmo ano teve uma passagem pelo Botafogo. No ano seguinte foi para o Brasiliense, Nesse mesmo ano teve uma passagem pela Portuguesa de Desportos. Em 2009 retornou ao Cruzeiro. Nos anos de 2010 e 2011 passou na Lusa do Canindé. Finalmente em 2012 finalizou sua movimentada carreira como atleta de futebol no Duque de Caxias. Athirson considera que Marcos Paquetá, Toninho Barroso, Marcelo Lipy, Paulo Autuori, Carlo Ancelotti e Levir Culpi foram os melhores treinadores que teve a orientá-lo. O atacante que lhe deu mais trabalho para ser marcado foi Edmundo. O melhor lateral que viu em ação foi Cafu. Os seus gols inesquecíveis foram marcados nos jogos Flamengo X Vasco, Seleção Brasileira Pré Olímpica X Colômbia e Bayer Leverkusen X Bayer Munique. O seu ídolo nos gramados é Zico. Hoje aposentado Athirson reside na sua cidade natal. Athirson realizou cinco jogos com a nossa Seleção Principal entre 1999 a 2005.Assim resgatamos a história futebolística de Athirson Mazolli e Oliveira, o Athirson que inegavelmente foi um excelente lateral esquerdo com marcantes passagens pelo futebol brasileiro, italiano, russo e alemão.

COMENTÁRIOS ()