Domingo, 23 de Julho de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1315- NIELSEN

Por Redação em 07 de Abril de 2017


Nielsen, o nosso entrevistado nesta semana, foi um excelente goleiro com participações expressivas na meta da dupla Fla Flu. Apesar de ser carioca de nascimento, iniciou suas atividades esportivas no Figueirense de Florianópolis em 1973. O clube do estádio Orlando Scarpelli jogava com Nielsen; Pinga, Jalison, Abel e Casagrande; Adailton, Neilor e Borile; Severo, Paulo Rena Moacir. No ano seguinte foi contratado pelo Fluminense que formava com Nielsen; Toninho, Bruñel, Assis e Casagrande; Silveira, Carlos Alberto Pintinho e Rivelino; Gil, Manfrini e Moacir. Em 1975 o “Pó de Arroz” era escalado com Nielsen; Toninho, Silveira, Assis e Marco Antônio; Zé Mário, Carlos Alberto Pintinho e Rivelino; Gil, Manfrini e Paulo César Caju. Em 1978 se transferiu para o Flamengo que ia a campo com Nielsen; Toninho, Rondinelli, Nelson e Junior; Merica, Paulo César Carpegiani e Adilio; Tita, Cláudio Adão e Luiz Paulo. No ano seguine o “Mengo” atuava com Nielsen; Toninho, Rondinelli, Nelson e Junior; Andrade, Adilio e Zico; Tita, Luizinho e Julio César. Nielsen ao longo de sua carreira defendeu a meta da nossa seleção em onze jogos. Sua atuação na vitória ante a Argentina em jogo disputado no dia nove de dezembro de 1971 foi decisiva para a nossa vitória pelo escore mínimo. O jogo foi válido pelo Pré Olímpico daquele ano. A nossa representação jogou com Nielsen; Aluisio, Fred, Wagner e Celso; Rubens Galaxe e Marquinhos; Enéias, Nilson Dias, Zico e Galdino. Nielsen considera que José Carlos Pinheiro, Jair da Rosa Pinto, Paulo Amaral e Valdir Pereira, o Didi da”Folha Seca” foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. O melhor goleiro que viu em ação foi o argentino Andrada. Os seus ídolos nos gramados foram Pelé, Zico, Andrada, Gordon Banks e o seu pai.O seu nome completo é Nielsen Elias, sendo carioca da cidade do Rio de Janeiro, onde nasceu no dia dezenove de junho de 1952. Hoje Nielsen reside na sua cidade natal onde é funcionário da Secretaria Estadual da Fazenda. Assim, resgatamos a história futebolística de Nielsen Elias, o Nielsen que inegavelmente foi um dos melhores goleiros do futebol brasileiro na década de setenta.

COMENTÁRIOS ()