Domingo, 23 de Julho de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1324- JAMELLI

Por Redação em 09 de Junho de 2017


Jamelli, o nosso entrevistado nesta edição foi um excelente atacante que marcou presença no futebol paulista na década de noventa. O seu nome completo é Paulo Roberto Jamelli Junior, sendo natural da capital paulista, onde nasceu no dia vinte e dois de julho de 1974. Iniciou suas atividades esportivas em 1993 no São Paulo integrando uma equipe que jogava com Rogério Ceni; Jura, Valber, Ronaldo e André; Dinho, Luiz Carlos Goiano, Toninho Cerezo e Matosas; Juninho e Jamelli. No ano seguinte o tricolor do Morumby era escalado com Rogério Ceni; Pavão, Bordon, Tiago e Sérgio; Sidney, Pereira e Murilo; Caté, Jamelli e Guilherme. Em 1995 se transferiu para o Santos que ia a campo com Edinho; Marquinhos Capixaba, Jean, Cerezo e Piá; Gallo, Pintado e Marcelo Passos; Macedo, Geovani e Jamelli. No ano seguinte o “Peixe” era escalado com Edinho; Anderson Lima, Sandro, Narciso e Marcos Adriano; Eder, Marcos Assunção e Piá; Camanducia, Jamelli e Robert. Em 1997 foi para o futebol japonês defender pelo Kashima Reysol onde ficou até 2003 quando foi para o futebol espanhol contatado pelo Zaragoza. Em 2004 retornou ao futebol japonês para atuar no Shimizu. No ano seguinte retornou para a Espanha contratado pelo Almeria. Em 2006 retornou para o nosso país para atuar no Atlético Mineiro que era escalado com Bruno; Lima, Marcos e Leandro Castro; Marcos Araujo, Rafael Miranda,Vicente e Zé Antônio; Alberto, Jamelli e Marinho. No ano seguine Jamelli foi para o Grêmio Barueri onde encerrou sua carreira como atleta de futebol. Jamelli defendeu a nossa seleção em seis oportunidades tendo marcado dois gols. Uma das formações da nossa representação em 1996 foi Dida; Zé Maria, Alexandre Lopes, Aldair e André Luiz; Flávio Conceição. Amaral e Rivaldo;Bebeto, Jamelli e Sávio. Jamelli considera que Telê Santana foi o melhor técnico que teve a orientá-lo.Os melhores atacantes que viu em ação foram Giovani, Savo Milosevic e Edilson. Os defensores que melhor lhe marcaram foram Turan, Pochetino, Hierro, Ronaldo Boer e Pintado. Os seus ídolos nos gramados foram Pelé, Zico, Falcão e Rai. O seu gol inesquecível foi seu primeiro gol pela seleção brasileira. Foi na Copa de Ouro contra Honduras em 1996. Hoje Jamelli reside na cidade paulista de Limeira onde exerce as atividades de técnico de futebol. Assim, resgatamos a história futebolística de Paulo Roberto Jamelli Junior, o Jamelli que inegavelmente foi um excelente atacante, um dos melhores do futebol brasileiro na década de noventa.

COMENTÁRIOS ()