Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1345- TOSTÃO

Por Redação em 03 de Novembro de 2017

(Foto: Divulgação)


O futebol brasileiro ao longo dos tempos teve dois atacantes com o apelido de Tostão. Um foi o mineiro Eduardo Gonçalves de Andrade, que brilhou no Cruzeiro, Vasco da Gama e Seleção Brasileira, que foi o nosso “Você Lembra?” número 150 e o outro o paulista Luiz Antônio Fernandes que marcou presença em vários clubes brasileiros de diversos estados. O nosso entrevistado nesta edição nasceu em Santos no dia seis de novembro de 1957. Iniciou suas atividades esportivas no Santos, que em 1975 ia a campo com William, Tuca, Nei, Vicente e Fernando; Clodoaldo, Léo e Babá; Toinzinho, Tostão e Brecha. Em 1978 foi para o Goiás que em 1979 jogava com Marcus; Nonoca, Macalé, Alexandre e Donizetti; Matinha, Valdir Lima e Pastoril; Antônio Carlos, Tostão e Rinaldo. Em 1980 foi contratado pelo Mixto que em 1981 atuava com Ernani; Gilmar, Fumaça, Miro e Jairo; Fabinho, Tostão e Ademar; Marcinho, Bife e Toninho Carlos. No ano de 1982 o clube mato-grossense era escalado com Elton; Gilberto, Rubinho, Tucho e Luiz Carlos Beleza; Tim, Lindário e Tostão; Simões, Vanderlei e Toninho Carlos.Nesse mesmo ano foi para o futebol mineiro contratado pelo Cruzeiro. Em 1984 o estrelado mineiro ia a campo com Vitor; Carlos Alberto, Evandro, Ailton e Ademar; Douglas, Eduardo e Tostão; Carlinhos, Carlos Alberto Seixas e Joãozinho. No ano seguinte o clube da “Toca da Raposa” formava com Ademir Maria; Carlos Alberto, Eugênio e Geraldo; Douglas, Eduardo e Tostão; Carlinhos, Carlos Alberto Seixas e Joãozinho. Em 1986 foi contratado pelo Coritiba que era escalado com Rafael; Dida, André Luiz, Gerson e Hélcio; Suca, Tostão e Geraldo; Indio, Marco Aurélio e Ademir. No ano seguinte o “Coxa” era formado com Gerson; Marcio, Paulo, Juarez e Hélcio; Marildo, Milton e Adílio; Lela, Tostão e Marcio. Em 1989 o clube do estádio Couto Pereira atuava com Gerson; Marcio, Vica, João Pedro e Paulo; Osvaldo, Carlos Alberto e Tostão; Ronaldo, Sérginho e Kazu. A seguir defendeu vários clubes como a Inter de Limeira, XV de Piracicaba, Atlético Paranaense, Caldense, Rio Branco de Paranaguá, Inter de Lages, SINOP e Foz de Iguaçu, onde encerrou suas atividades como atleta de futebol no ano de 1996. Tostão considera que Yustrich, João Francisco, Levir Culpi e Edu Coimbra foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo.Os melhores atacantes que viu em ação foram Pelé, Zico, Edu, do Santos, Romário, Ronaldo Nazario e Joãozinho, ex ponteiro do Cruzeiro. Os melhores marcadores que enfrentou foram Luizinho, ex zagueiro do Atlético MG e Paulo Isidoro. Os seus gols inesquecíveis foram marcados nos jogos Cruzeiro 4 X Atlético MG 0. O pela decisão do Campeonato Mineiro de 1984 e no Jogo Coritiba X União Bandeirante. O seu ídolo nos gramados é Zico. Hoje Tostão reside em Curitiba onde é proprietário da Escolinha de Futebol Tostão, que é uma franquia do Coritiba. Assim,resgatamos a história do Luiz Antônio Fernandes, o Tostão, que inegavelmente foi um bom atacante que marcou presença em vários clubes brasileiros.

COMENTÁRIOS ()