Segunda-Feira, 18 de Dezembro de 2017 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1349- ÉDSON

Por Redação em 01 de Dezembro de 2017

(Foto: Divulgação)


Édson, o nosso entrevistado nesta edição, foi um bom zagueiro que marcou presença no futebol paulista defendendo o Guarani de Campinas. Iniciou no “Bugre” em 1975 que jogava com Sidney; Odair, Edson, Amaral e Bezerra; Flamarion, Alexandre e Hamilton Rocha; Afrânio, Juti e Ziza. No ano seguinte o Guarani ia a campo com Neneca; Mauro, Amaral, Edson e Deodoro; Flamarion, Manguinha e Zenon; Roberto, André Catimba e Ziza. No ano de 1978, quando o clube campineiro foi Campeão Brasileiro jogava com Neneca; Mauro, Gomes, Édson e Miranda; Zé Carlos e Zenon; Capitão, Renato, Creca e Bozó. Em 1980 o “Verdão” jogava com Birigui; Chiquinho, Édson, Gomes e Miranda; Péricles, Nardela e Zenon; Franck, Careca e Bozó. Finalmente em 1982, seu último ano no clube do estádio Brinco de Ouro da Princesa era Wendell; Rubens; Jaime, Édson e Almeida; Ederson, Jorge Mendonça e Henrique; Lúcio, Creca e Ernani. O seu nome completo é Édson Alves de Oliveira, sendo paulista natural da cidade de Osasco, onde nasceu no dia vinte e nove de julho de 1952. Édson considera que Carlos Alberto Silva foi o melhor técnico que teve a orientá-lo. O melhor zagueiro que viu em ação foi Roberto Dias. O atacante que lhe deu mais trabalho para ser marcado foi Édson Arantes do Nascimento o rei Pelé. Hoje aposentado Édson reside na cidade goiana de Céres. Assim, resgatamos a história futebolística de Édson Alves de Oliveira, o Édson, que foi um zagueiro que marcou presença defendendo o Guarani de Campinas na década de setenta.

COMENTÁRIOS ()