Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 |

Você Lembra?

Por César Freitas

1353- FÁBIO AUGUSTO

Por Redação em 29 de Dezembro de 2017

(Foto: Divulgação)


Fábio Augusto, o nosso entrevistado nesta edição, foi um bom meia cancha com excelentes atuações em vários clubes de diversos estados brasileiros e também do exterior. O seu nome completo é Fábio Augusto de Castro Carvalho, sendo carioca da cidade do Rio de Janeiro, onde nasceu no dia cinco de maio de 1973. Iniciou suas atividades esportivas nas divisões inferiores do Flamengo em 1990. Permaneceu no clube da Gávea até 1993. Em 1994 foi contratado pelo Guarani de Campinas, que jogava com Narciso; Valmir, Reginaldo, Cláudio e Guilherme; Fernando, Fábio Augusto e Djalminha; Edu Lima, Amoroso e Júlio César. No ano seguinte o “Bugre” atuava com Narciso; Davi, Renato Carioca, Sangaletti e Anderson; Valdeir, Fábio Augusto e Jean; Júlio César, Fernando Diniz e Djalminha. Em 1996 foi para Minas Gerais contratado pelo Atlético que era escalado com Taffarel; Dinho, Ronaldo, Rogério Pinheiro e Paulo Roberto; Doriva, Gutenberg e Fábio Augusto; Euler, Reinaldo e Helbert. Em 1997 foi contratado pelo Corinthians que ia a campo com Ronaldo; Antônio Carlos, Sangaletti e Henrique; Fábio Augusto, Gilmar, Romeu, Souza e Silvinho; Donizetti e Mirandinha. No ano seguinte retornou ao futebol carioca contratado pelo Botafogo, que formava com Vagner; Estevão, Júlio César, Gonçalves e Lucio Vagner; Pingo, França, Fábio Augusto; Bebeto, Túlio e Sérgio Manoel. Em 1999 foi para o futebol baiano para defender o Vitória que atuava com Fábio Costa; Baiano, Flávio, Moisés e Leandro; Eloy, Otacilio e Fábio Augusto; Valdomiro, Fernando e Nenzão. Em 2001 retornou ao Flamengo para integrar um time que ia a campo com Julio César, Alessandro, Leonardo Souza, Gilmar e Cássio; Jorginho, Beto e Fábio Augusto; Rocha, Petkovic e Reinaldo. Em 2002 foi para o futebol russo defender o Chernomorets. Em 2004 foi para o futebol suéco contratado pelo Kalmar. Em 2007 retornou ao futebol brasileiro para defender o América carioca. A seguir defendeu o Sendas, o Juventus de São Paulo, o Uberaba, a Desportiva, a Paulinia para encerrar suas atividades esportivas em 2012 no River do Piauí. Fábio Augusto considera que Carlos Alberto Silva, Nelsinho Baptista, Zagallo e Paulo Autuori foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. Os melhores meias canchas que viu em ação foram Djalminha e Souza. Os melhores volantes que lhe marcaram foram Flávio Conceição e Amaral. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo Kalmar FF X IFC pela Royal League da Suécia. O seu ídolo nos gramados é Diego Armando Maradona. Hoje Fábio Augusto reside na região oceânica de Niterói. Exerce as atividades de técnico de futebol. Assim, resgatamos a história futebolística de Fábio Augusto de Castro Carvalho, o Fábio Augusto que inegavelmente foi um bom meia cancha com marcantes atuações em vários clubes brasileiros.

COMENTÁRIOS ()