Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2020 |

Você Lembra?

1359 A- SÉRGIO SANTOS

Por Redação em 23 de Fevereiro de 2018

(Foto: Divulgação)


Sérgio Santos, o nosso entrevistado nesta edição, foi mais um polivalente de nosso futebol. Atuava com a mesma eficiência na meia cancha e no ataque. O seu nome completo é Sérgio Santos, sendo natural de Santa Maria, onde nasceu no dia dez de dezembro de 1954. Iniciou suas atividades esportivas nas divisões inferiores do Inter de sua cidade natal em 1971, onde permaneceu até 1974. No ano seguinte foi para os juvenis do Grêmio. Em 1976 foi contratado pelo Colorado de Curitiba, que jogava com Ladel; Bira, Flávio, Gilson e Édson Madureira; Zé Antônio, Dréier e Marinho Rã; Galeno, Tião Abatiá e Sérgio Santos. No ano seguinte foi para o futebol catarinense defender a Chapecoense que atuava com Luiz Carlos; Cosme, Silva, Décio e Nabé; Carlos Alberto, Valdu e Sérgio Santos; Zezinho, Jorge e Eluzardo. Em 1978 retornou ao futebol gaúcho contratado pelo Pelotas que ia a campo de Carlos Alberto; Marco Antônio, Darci Munique, Fernando Xavier e Vinhas; Silvio Luiz e Jorge Luiz; Sérgio Santos, Oli, Eluzardo e Zézinho. A seguir retornou ao futebol catarinense para defender o Joinville para encerrar suas atividades esportivas no Pato Branco do Paraná em 1981.Sérgio Santos considera que Edgar Ferreira foi o melhor técnico que teve a orientá-lo. Os melhores ponteiros que viu em ação foram Zequinha e Flecha. Os volantes que melhor lhe marcaram foram Falcão, Batista e Caçapava. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo Chapecoense X Avaí. Os seus ídolos nos gramados são Zico e Maradona. Hoje Sérgio Santos reside em Chapecó onde exerce as atividades de Corretor de Imóveis. Assim, resgatamos a história futebolística de Sérgio Santos que foi um excelente polivalente de nosso futebol.

COMENTÁRIOS ()