Sbado, 08 de Agosto de 2020 |

Você Lembra?

1368- BETINHO IJUI

Por Redação em 27 de Abril de 2018

(Foto: Divulgação)


Betinho Ijuí, o nosso entrevistado nesta dição, foi um excelente meia cancha que marcou presença em vários clubes gaúchos, de maneira especial no São Luiz de Ijuí, sua cidade natal, como seu apelido indica. O seu nome completo é Hélio Roberto dos Santos, sendo natural de Ijuí, onde nasceu no dia doze de novembro de 1963. Iniciou suas atividades esportivas na base do Grêmio em 1981 onde permaneceu até 1983. A seguir retornou para seu “torrão” natal contratado pelo São Luiz que em 1990 jogava com Jânio; Ademir Antes, Caçula, Chimbica e Gilmar; Ildo, Marco Aurélio e Betinho Ijuí; Paulo Gaúcho, Marquinhos e Negrine. No ano seguinte o São Luiz ia a campo com Jânio; Caçula, Newmar, Chico Cebola e Kiko; Bolinha, Negrine e Betinho Ijuí; Paulo Gaúcho, Zé Cláudio e Edmundo. Permaneceu no clube até 1992. Em 1993 foi contratado pelo Guarani de Cruz Alta que era escalado com Dagoberto; Old, Jaime, Hermes e Francisco; Rogério Manta, Zequinha e Betinho Ijuí; Alfredo, Marcelo Vita e Cigano. Posteriormente defendeu o Mogi Mirim e a Chapecoense, onde encerrou suas atividades em 1998. Betinho Ijuí considera que Indião, Cassiá e Vadão foram os melhores treinadores que teve a lhe orientar. Os melhores meias que viu em ação foram Zico e Diego Maradona, que é o seu ídolo nos gramados. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo com o São Paulo de Rio Grande. O volante que lhe marcou melhor foi China, ex Grêmio. Hoje Betinho Ijuí reside em Porto Alegre onde exerce as atividades de treinador de futebol. Assim resgatamos a história futebolística de Hélio Roberto dos Santos, o Betinho Ijuí, que inegavelmente foi um excelente meia cancha de nosso futebol.

COMENTÁRIOS ()