Quarta-Feira, 21 de Outubro de 2020 |

Você Lembra?

1395 - ELI CARLOS

Por Redação em 01 de Novembro de 2018


Eli Carlos, o nosso entrevistado nesta edição, foi um habilidoso meia atacante que teve marcante atuação em nosso futebol nas décadas de setenta e oitenta. O seu nome completo é Eli Carlos Alberto Pereira, sendo natural de Ribeirão Preto, onde nasceu no dia dezenove de abril de 1954. Iniciou suas atividades esportivas no Guarani de Campinas, de onde foi para o Coritiba em 1975. O “Verdão” paranaense jogava com Jairo; Hermes, Si, Ademir e Nilo; Vitor Hugo, Eli Carlos e Plein; Luizinho, Krieger e Aladim. No ano seguinte o “Coxa” atuava com Jairo; Bira, Oberdã, Adailton e Humberto; Nenê, Eli Carlos e Osmarzinho; Wilton, Puruca e Aladim. Em 1977 foi para o futebol mineiro contratado pelo Cruzeiro que era escaldo com Raul; Nelinho, Zezinho Figueroa, Darci Menezes e Mariano; Flamarion, Eduardo, Erivelton e Eli Carlos; Revetria e Cleber No ano seguinte os estrelados iam a campo com Raul; Nelinho, Zezinho Figueroa, Marquinhos e Vanderlei; Flamarion, Erivelton e Eduardo; Eli Carlos, Revetria e Joãozinho. Nesse mesmo ano teve uma passagem pelo Flamengo carioca que atuava com Raul; Leandro, Rondinelli, Manguito e Junior; Pulo César Carpegiani, Adilio e Eli Carlos; Tião, Cláudio e Zico. Em 1979 o Cruzeiro jogava com Luiz Antônio; Nelinho, Zezinho Figueroa, Marquinhos e Mariano; Mundinho, Eli Carlos e Alexandre; Junior Brasilia, Roberto César e Cléber. Em 1980, o seu último ano de Cruzeiro, a sua equipe formava com Luiz Antônio; Nelinho, Bianchi, Marquinhos e Bento; Nélio, Alexandre e Eduardo; Tião, Eli Carlos e Joãozinho. A seguir defendeu o Rio Claro, Francana, São José de Rio Preto, que formava com Ivan; Soter, Darci, Ademir Gonçalves e Campina; Gerson Andriotti, Ademir Mello e Eli Carlos; Edinho, Tião Marino e Nenê. Posteriormente esteve no Matsubara, Ituano, Paulista de Jundiaí para encerrar no Palmeiras de São João da Boa Vista. Eli Carlos considera que Cláudio Coutinho foi o melhor técnico que teve a orientá-lo. Os melhores atacantes que viu em ação foram Reinaldo e Zico. Os melhores zagueiros que enfrentou foram Figueroa e Edinho. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo Coritiba X Santa Cruz em 1975. O seu ídolo nos gramados é Reinaldo. Hoje Eli Carlos reside em Campinas onde presta consultoria em Futebol. Assim, resgatamos a história futebolística de Eli Carlos Alberto Pereira, que inegavelmente teve uma marcante passagem pelo futebol brasileiro nas décadas de setenta e oitenta.

COMENTÁRIOS ()