Sexta-Feira, 30 de Outubro de 2020 |

Você Lembra?

1400 - JORGINHO

Por Redação em 07 de Dezembro de 2018


Jorginho, o nosso entrevistado nesta dição, foi um excelente ponteiro direito, com marcantes passagens por diversos clubes de vários clubes paulistas de maneira especial. O seu nome completo é Jorge Antônio Putinatti sendo natural da cidade paulista de Marilia, onde nasceu no dia vinte e três de agosto de 1959.Iniciou suas atividades esportivas no Marilia, de sua cidade natal em 1973. Em 1978 o Marilia jogava com Paulo César; Reinaldo, Renato, Clodoaldo e Zeca; Nenê e Hudson; Serginho, Jorginho, Edinho e Ferreira. Em 1979 foi contratado pelo Palmeiras, que era escalado com Gilmar; Rosemiro, Beto Fuscão, Polozzi e Pedrinho; Pires, Mococa e Jorge Mendonça; Jorginho, César e Baroninho. No ano seguinte o “Verdão” ia a campo com Gilmar; Soter, Beto Fuscão, Polozzi e Pedrinho; Pires, Mococa e Carlos Alberto; Jorginho, César e Baroninho. Em 1981 o clube de Parque Antártica atuava Marcos; Benazzi, Marquinhos, Edson e Pedrinho; Vitor Hugo, Freitas e Célio; Jorginho, Paulinho e Romeu. Em 1983 o Palmeiras era escalado com João Marcos; Nenê, Luiz Pereira, Nenê Santana e Vargas; Rocha, Carlos Alberto e Barbosa; Jorginho, Carlos Alberto Seixas e Carlos Henrique. Em 1984 o “Verdão” ia a campo com Leão, Ditinho, Luiz Pereira, Vagner e Carlão; Rocha, Fausto e Aragonês; Jorginho, Baltazar e Reinaldo. No ano seguinte o Palmeiras atuava com Leão; Ditinho, Márcio, Vagner e Paulo Roberto; Rocha, Carlos Alberto Borges e Mendonça; Jorginho, Hélio e Gilcimar. No seu último ano de Parque Antártica a sua equipe era escalada com Martorelli; Ditinho, Marcio, Vagner e Toninho; Lino, Gerson Caçapa e Mendonça; Jorginho, Mirandinha e Edu. Em 1987 foi contratado pelo Corinthians que era escalado com Waldir Peres; Edson, Luiz Cláudio, Wladimir e Dida; Biro Biro, Wilson Mano e Everton; Jorginho, Dicão e Eduardo. Em 1988 teve uma passagem pelo Fluminense. Em 1999 veio para o futebol gaúcho contratado pelo Grêmio que ia a campo com Mazaropi; Alfinete, Trazante, Luiz Eduardo e Airton; Bonamigo, Serginho e Cristóvão; Jorginho, Marcos Vinicius e Jorge Veras. Nesse mesmo ano foi para o Santos que era escalado com Sérgio; César Ferreira, Luizinho, Luiz Carlos e Wladimir; César Sampaio, Axel e Totonho; Jorginho, Serginho e Tuíco. Em 1990 foi contratado pelo XV de Piracicaba. Nesse mesmo ano foi para o futebol japonês defender o Toyota até 1993 e o Nagoia Grampus Eight até 1995 encerrou sua movimentada carreira como atleta de futebol profissional. Jorginho participou de vinte e dois jogos oficiais da Seleção Brasileira tendo marcado dois gols. No jogo da nossa representação contra o Uruguai, que findou empatado em um gol, marcado pelo Jorginho, a “Canarinho” formou com Leão; Paulo Roberto, Márcio Rossini, Mozer e Junior; China e Sócrates; Jorginho, Roberto Dinamite e Éder. Esse histórico jogo foi realizado no dia quatro de novembro de 1983 tendo como palco o estádio da Fonte Nova, em Salvador-Bahia. Jorginho considera que Telê Santana foi o melhor técnico que o orientou. O melhor ponteiro direito que viu em ação foi Renato Gaúcho. O seu gol inesquecível foi consignado no jogo Palmeiras 1 X Guarani 0 em 1979. Os seus ídolos nos gramados são Zico, Falcão e Careca. Hoje Jorginho reside em Marilia, a sua cidade natal, onde exerce as atividades de Representante Comercial de Embalagens Plásticas Descartáveis. Assim, resgatamos a história futebolística de Jorge Antônio Putinatti, o Jorginho que inegavelmente foi um dos melhores ponteiros direitos do futebol brasileiro no período em que atuou.

COMENTÁRIOS ()