Sexta-Feira, 07 de Agosto de 2020 |

Você Lembra?

1403 - ZÉ CARLOS

Por Redação em 21 de Dezembro de 2018


O lateral direito Zé Carlos é o nosso entrevistado nesta edição. Ele foi um bom lateral que marcou presença em vários clubes de diversos estados de nosso Brasil. O seu nome completo é José Carlos de Almeida, sendo natural da cidade paulista de Presidente Bernardes, onde nasceu no dia quatorze de novembro de 1968. Iniciou suas atividades esportivas no São José em 1990. No ano seguinte foi contratado pelo Nacional, onde permaneceu até 1993 quando foi para o São Caetano. No ano seguinte foi para o Canindé, contratado pela Portuguesa de Desportos, que jogava com Paulo César; Zé Carlos, Jorjão, Ildo, e Zé Roberto; Norberto, Simão e Marcio Griggio; Aritana, Tião e Paulinho. Em 1995 foi para Araras defender o União São João. No ano seguinte veio para o futebol gaúcho contratado pelo Juventude, que ia a campo com Marcio Angonese; Zé Carlos, Baggio, Picoli e Paulo Sérgio; Daniel Frason, Rodrigo e Lauro; Jardel, Luiz Muller e Édson. Em 1997 retornou ao futebol paulista, pois foi contratado pela Matonense. No mesmo ano foi para o Morumby defender o São Paulo que jogava com Rogério Ceni; Zé Carlos, Alvaro, Bordon e Sérginho; Edmilson, Fábio Aurélio, Luiz Carlos e Denilson; França e Ariztizabal. No ano seguinte o tricolor paulista era escalado com Rogério Ceni; Zé Carlos, Edmilson, Marcio Santos e Serginho; Capitão, Alexandre, Raí e Carlos Miguel; França e Dodô. Em 1999 retornou para o futebol gaúcho, pois foi contratado pelo Grêmio, que ia a campo com Danrlei; Zé Carlos, Scheidt, Ronaldo Alves e Roger; Capitão, Goiano ,Itaqui e Ronaldinho Gaúcho; Macedo e Agnaldo. No ano seguinte foi para Campinas defender a Ponte Preta, que atuava com Adriano; Zé Carlos, Paulão, Ronaldão e Daniel; Mineiro, Adrianinho e Piá; Macedo, Narciso e Hernani. Posteriormente foi para Santa Catarina defender o Joinville que em 2003 jogava com Marcelo Flores; Zé Carlos, Willian, Kleber Goiano e Cláudio; Perivaldo, Senegal e Fabricio Carvalho; Leonardo, Luciano Roger e Didi. No ano seguinte os catarinenses formavam com Marcelo Flores; Zé Carlos, Da Silva, Vagner e Mineiro; Coracini, Jean Carlos e Normando e Valbson; Paulinho e Luciano Roger. Finalmente posteriormente foi para Bauru defender o Noroeste local, onde encerrou sua movimentada carreira como atleta de futebol. Zé Carlos defendeu a nossa seleção na Copa do Mundo de 1998, disputada na França. Uma das formações brasileiras naquela competição foi Taffarel; Zé Carlos, Aldair, Junior Baiano e Roberto Carlos; César Sampaio, Dunga, Leonardo e Rinaldo; Bebeto e Ronaldo Nazário. Zé Roberto considera que Nelsinho Batista e o Dario Pereira foram os melhores técnicos que teve a orientá-lo. O melhor lateral direito que viu em ação foi Jorginho. O ponteiro esquerdo que lhe deu mais trabalho para ser marcado foi Elivelton. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo São Paulo X Flamengo em jogo válido pelo Torneio Rio São Pulo, em 1998. O seu ídolo nos gramados é Arthur Antunes Coimbra, Zico. Hoje Zé Carlos reside em Presidente Prudente onde exerce as atividades de empresário do ramo de Construção Civil.

COMENTÁRIOS ()