Quarta-Feira, 21 de Outubro de 2020 |

Você Lembra?

1408 - OZIRES

Por Redação em 01 de Fevereiro de 2019


Ozires, o nosso entrevistado nesta edição, foi um bom zagueiro que marcou presença em clubes de vários estados brasileiros. Ele se chama Ozires de Paiva, sendo natural da cidade do Rio de Janeiro, onde nasceu no dia vinte e nove de janeiro de 1952. Iniciou suas atividades esportivas nas divisões inferiores do Botafogo. Já profissional foi contratado pelo River do Piaui em 1972. No ano seguinte foi para o Fortaleza que jogava com Lulinha; Louro, Ozires, Queiroz e Bauer; Chiquinho e Zé Carlos; Hamilton Rocha, Lucinho, Marcinho e Silvinho. Em 1975 o tricolor cearense atuava com Lulinha; Alexandre, Hamilton Aires, Ozires e Aloisio; Chinesinho, Lucinho e Zé Raimundo; Hamilton Melo, Reinaldo e Geraldino. Em 1976 foi para o futebol mineiro contratado pelo Cruzeiro que ia a campo com Raul; Isidoro, Morais, Ozires e Mariano; Zé Carlos, Eduardo e Valdo; Roberto César, Palhinha e Joãozinho. Em 1979 os estrelados iam a campo com Luiz Antônio; Zé Carlos, Ozires, Zezinho Figueroa e Nivaldo; Nélio, Alexandre e Mauro; Roberto César, Junior Brasilia e Eduardo. Em 1980 foi para o Bahia, que em 1984 ia a campo com Ronaldo; Edinho, Amadeu, Ozires e Paulo César; Helcinho, Ralph e Emo; Osni, Beijoca e Robson. Em 1986 estava no Operário de Mato Grosso do Sul que era escalado com Paulão; Baiano, Ozires, Deda e Assis; Garcia, Guina e Charles; Cido, Fernando Roberto e Gilsinho. A seguir teve passagens pelo Figueirense, Pinheiros e Saltense de Salto-SP onde encerrou sua movimentada carreira como atleta de futebol. Ozires considera que Zezé Moreira foi o melhor técnico que teve a orientá-lo. Os melhores zagueiros que viu em ação foram Brito, Oscar, Figueroa e Pedro Basilio. Os atacantes que lhe deram mais trabalho para serem marcados foram Gerd Muller e Reinaldo. O seu gol inesquecível foi marcado no clássico Cruzeiro X Atlético MG válido pela Taça Minas Gerais de 1978. Cobrou o último penalte e venceu a pericia de João Leite conquistando o título. Os seus ídolos nos gramados foram Pelé e Dirceu Lopes. Hoje aposentado, Ozires reside na cidade do Rio de Janeiro. Assim, resgatamos a história futebolística de Ozires de Paiva, o Ozires que inegavelmente foi um bom zagueiro que marcou presença vários clubes de diversos estados brasileiros.

COMENTÁRIOS ()