Tera-Feira, 20 de Outubro de 2020 |

Você Lembra?

1420 - SIDNEY

Por Redação em 26 de Abril de 2019


Em minha opinião o Sidney foi o último autêntico extrema esquerdo do tricolor do Morumby, ponteiro esquerdo na acepção da palavra. Ele sucedeu craques como Canhoteiro, Paraná, Zé Sérgio e Edvaldo entre outros. Sidney foi um ponteiro habilidoso no trato da bola, rápido e com um drible fácil. O seu nome completo é Sidney José Tobias, sendo natural da capital paulista onde nasceu no dia vinte de agosto de 1963. Iniciou suas atividades esportivas nas divisões inferiores do São Paulo, onde se profissionalizou. Em 1983 o São Paulo jogava com Waldir Peres; Luiz Gustavo, Boni, Dario Pereira e Nelsinho; Zé Mário, Renato e Heriberto; Sidney, Careca e Zé Sérgio. No ano seguinte o tricolor paulista ia a campo com Waldir Peres; Paulo Roberto, Gassen, Dario Pereira e Nelsinho; Marcio Araújo, Renato e Pianelli; Sidney, Marcão e Zé Sérgio. Em 1986 o clube do estádio Cícero Pompeu de Toledo era escalado com Gilmar; Zé Teodoro, Vagner, Fonseca e Nelsinho; Bernardo, Silas e Pita; Manu, Careca e Sidney. Em 1987 foi contratado pelo Flamengo. O clube da Gávea jogava com Cantarelli; Ailton, Guto, Aldair e Airton; Andrade, Bebeto e Julio César Barbosa; Renato Gaúcho, Kita e Sidney. Nesse mesmo ano teve uma passagem pelo Marítimo de Portugal. Em 1988 retornou ao futebol brasileiro para defender o Santos que ia a campo com Nilton; Heraldo, Davi, Luizinho e César Ferreira; Marco Antônio, Mendonça e Cipó; Essinho, Leandro e Sidney. Sidney considera que Telê Santana foi o melhor treinador que teve a orientá-lo. Os melhores ponteiros esquerdos que viu em ação foram Éder, Joãozinho, ex Cruzeiro, Julio César Urigheler, Zé Sérgio e João Paulo. O melhor lateral direito que lhe marcou foi Édison Boaro. O seu gol inesquecível foi marcado no jogo da final do Paulistão de 1985. Os seus ídolos nos gramados são Pita, Careca e Casagrande. Hoje Sidney reside em São Paulo onde é integrante da parte social do São Paulo. Assim resgatamos a história futebolística do Sidney José Tobias, que inegavelmente foi um excelente ponteiro esquerdo, um dos melhores do futebol brasileiro na década de oitenta.

COMENTÁRIOS ()